POR QUE SAÍ DA ACADEMIA E FUI PARA O CROSSFIT?

Quem me segue no Instagram, sabe que em Março de 2016 eu abandonei a Musculação, que é uma modalidade que pratiquei durante quatro anos, e fui pro Crossfit. Hoje vou explicar o porquê fiz essa escolha e quais as diferenças básicas entre esses dois esportes.

O Crossfit surgiu na minha vida de uma forma SUPER inesperada, quando um dos meus melhores amigos falou que tinha começado a praticar esse esporte. Confesso que no início não tinha colocado fé nenhuma, parecia um esporte que daria apenas condicionamento físico e não mudava o corpo em nadica de nada. Continuei pensando assim até a minha primeira aula, que também foi super do nada, pois era um dia que eu não tinha como ir à academia e o box de Crossfit era do lado de casa, então chamei minha mãe pra ir comigo e só fomos. Na semana seguinte à essa aula, larguei a academia e comecei a frequentar somente o Crossfit e assim tá sendo até hoje.

VOCÊ NÃO TEVE MEDO DE COMEÇAR A PRATICAR CROSSFIT?

Essa é uma pergunta que já ouvi tanto, tanto, que nem sei! Tudo que é novo assusta. Mas olha, eu escrevi mais sobre se machucar no Crossfit nesse outro post AQUI e vou deixar vocês, que têm medo, darem mais uma olhada geral nele.

POR QUE SAÍ DA ACADEMIA PRO CROSS?

  1. Nas academias, o comodismo é muito maior, o que deixa mais brechas para falhas. Quantos alunos, em uma turma de Crossfit, estão dando o seu máximo? TODO MUNDO! Até porque eles não têm escolha!
  2. O Crossfit tem a cultura do movimento perfeito e ela enfatiza a técnica do movimento. Essa técnica é: Quanto de peso vou conseguir levantar? Como faço para ser mais rápido nisto? O que eu preciso melhorar para conseguir executar aquele movimento tão desafiador? Um movimento mais técnico, por sua vez, produz melhores resultados. Enquanto isso, na academia a preocupação maior das pessoas é relacionada ao tamanho da coxa ou do braço.
  3. Hoje, nós sabemos que o que realmente traz resultados, independente dos seus objetivos, é a alta intensidade. No Crossfit, a intensidade é MUITO maior do que aquela a que os alunos de Musculação estão, em geral, acostumados. Obviamente, é possível trabalhar em altíssima intensidade na Musculação, porém quantos alunos realmente fazem isso? Quantos ficam no celular, conversando demais entre os tempos de repouso ou param na primeira dorzinha? Às vezes, eles nem sabem seu máximo, pois o treino/academia não permite que ele saiba qual é seu limite. Um fisiculturista treina intenso, mas quantos treinam igual a um culturista?

RESUMINDO

O Crossfit me trouxe mais resultados do que a musculação tradicional. O treino é mais intenso, as pessoas se preocupam com ele, o entendem e trabalham com números. Tudo é quantificado, cada treino é anotado e, posteriormente, superado.

Existem pessoas que têm resultados extraordinários com a musculação? SIM! A não ser por aqueles 3% da população que TREINAM Musculação com a devida seriedade, a maioria das pessoas estão imersas numa bolha em que o comodismo impera e gera lucro às grandes corporações fitness. O comprometimento do Crossfit e do universo que ele te proporciona é totalmente diferente e, pra mim, foi algo que revolucionou meu corpo e meu estilo de vida.

Fique ligado para mais posts nossos!

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.