Como melhorar o seu currículo — recrutadora por 1 semana.

O time do eureciclo está crescendo e, nessa experiência de recrutadora por 1 semana, percebi que muitas pessoas ainda não sabem como deixar o currículo atrativo para quem está selecionando.

Não sou profissional de RH e nem me aventurei outras vezes fazendo seleções de candidatos. Mas se tem uma coisa que sou experiente nessa vida, é em procurar emprego.

É assim que a gente fica nesse momento, eu sei.

Digamos, então, que estou também experiente nas informações que os recrutadores de cada vaga querem saber de mim. Mandei esse feedback pros candidatos do nosso processo seletivo, e espero que possa ajudar mais gente por aqui também.

1. Preste atenção. O anúncio da vaga geralmente tem muitas informações importantes sobre a empresa e a vaga aberta. Atente-se para a linguagem usada, as imagens, como a vaga está sendo divulgada; tudo isso te leva a imaginar como é a cultura da empresa, as pessoas que trabalham lá, o ambiente de trabalho.

2. Apresentação é tudo. Um “segue currículo anexo” não diz nada. Você deve se apresentar e mostrar como pode ser a melhor opção para preencher a vaga! Facilita bastante quando a apresentação vem já no corpo do e-mail.

3. Adeque sua apresentação à empresa. Lembram do tópico #1? Se você prestou atenção na forma que a empresa se portou divulgando uma vaga, ou deu uma pesquisada básica, você deve saber em que terreno está pisando. Foram extremamente formais e são tradicionais? Foram informais e você sabe que é uma startup? Se apresente na mesma linha da empresa, é extremamente importante que você se dê bem com a cultura do lugar — ou vai sofrer bastante tentando se adequar a uma coisa que você não é.

4. Altere o currículo se necessário. Você encontrou a vaga dos sonhos, mas sua formação é em outra área? Altere o currículo e coloque nele as informações sobre suas experiências ou habilidades para a vaga anunciada. Muitas empresas estão mudando (finalmente) a forma de seleção, preferindo conhecer o perfil do candidato em vez de focar apenas no nome do curso da faculdade. Aproveite isso e se destaque!

5. Objetivo é importante e deve ser uma das primeiras informações do seu currículo. E aqui estou falando da posição que você deseja para trabalhar.

6. Sejam objetivos. Que bom que você tem várias experiências bacanas e importantes, mas você precisa saber se vender em minutos para o recrutador, então quanto menos tempo isso levar, melhor para você — então, quanto menos páginas, melhor.

7. Sempre que puderem, apliquem para vagas e empresas que façam sentido para você. Acho que todo mundo já passou por uma experiência ruim de emprego/empresa, e sabe muito bem como é horrível trabalhar num espaço que não gosta ou fazendo algo que não é sua vocação. Então, se a oportunidade aparecer e você puder agarrá-la, apliquem paga empresas com uma cultura e time que você considera importantes, com atribuições que realmente você domina. Essa dica é a mais importante de todas se você quer trabalhar com propósito.

Estresse, pressão, metas… isso sempre vai existir. A diferença está no apoio que você tem para lidar com isso, e também em como você está disposto a reagir às situações.

Por fim, acreditem em seu potencial! Sua autoconfiança tem papel fundamental na nessa busca.

Boa sorte, estou torcendo por você!