Empatia por favor!

Multiplicando as laranjas do Confucio.

Ouvir

Quantas vezes você escutou de verdade um amigo, companheir@, namorad@, familia sem julgar o que ele diz, só pensando no ponto de vista que ele está contando?

Se você não tem conseguido, e vejo muitas vezes que temos fracassado na sociedade em relação a ouvir o proximo. Esqueça a sua verdade, não precisa sempre ter a razão, você pode ter dúvidas sobre tudo, e nada disso está errado.

Me considero uma boa ouvinte, aprendi faz um bom tempo que para dialogarmos precisamos estar calmos e principalmente não devemos estar querendo ganhar a competição, porque tem gente que acha que qualquer debate é uma competição e ele precisa ser vencida.

Confúcio

Sou contra essa forma de comunicação com ganhadores individuais, deixo muita gente ganhar com facilidade, em dialogos verdadeiros sempre teremos o que Confúcio falava em relação a ideias multiplicarem-se.

“ Se você tem uma laranja e troca com outra pessoa que também tem uma laranja, cada um fica com uma laranja. Mas se você tem uma idéia e troca com outra pessoa que também tem uma idéia, cada um fica com duas. ” Confúcio. Quem foi Confúcio ? clica aqui

Após um dialogo você fortalece as relações interpessoais, os dois lados compartilham suas visões, cada um da abertura para que isso ocorra de forma natural, sem precisar gritos e xingamentos. Os gritos serão as risadas de cumplicidade, de alegria pelos feitos dos amigos, os choros serão compartilhados, as quase lágrimas querendo rolar, mas como são divididos em frações proporcionais a quantidade de pessoas no diálogo.

Sua Lagrima = lagrima do falante / quantidade de pessoas.

Um ponto a acrescentar é a questão de ouvir com atenção, sem estar com o celular ou com outra coisa tirando o foco da conversa. Assim você absorve melhor o conteúdo, e não vai ficar constrangido pedindo pra pessoa repetir o que falou, porque você não pegou uma parte da conversa.

Adaptar a fala a quem está interagindo facilitando a troca de ideias é importante, fica mais fácil se você conhece um pouco mais da outra pessoa, tratando-se de clientes isso e uma arte, porque é dificil conhecer bem todos os seus clientes, então no ambito profissional é rotina procurarmos melhorar nossa comunicação, mas nem sempre é uma das tarefas mais simples.

Seriamos os seres inteligentes, dito pensante e polegar opositor, se não nos comunicassemos pela voz/sinais ? Tenho muitas dúvidas nesse quesito da comunicação. Existe uma linha mais falada atualmente chamada comunicação não violenta, que gosto dessa coisa, ou seria melhor explicado não descarregue sua raiva em outra pessoa que não tem nada a ver com esse momento e ainda está lhe ouvindo. Talvez por isso a "ouvida" não seja um dos fatos mais apreciados e enaltecidos na sociedade, tu já viu alguém dizendo:

Fulano ouve tri bem !!!

Mas certamente tu já ouviu, o Sicrano fala muito bem, ele é um orador, ou as variantes como um baita contador de histórias, conta uma piada como ninguém, etc….

Ouça mais julgue menos, lembre-se temos dois ouvidos e uma boca !!!


Gostou? Aperta no coração verde logo abaixo ou compartilhe !!!