pra qualquer dia inseguro

https://instagram.com/zedu.art

tão breve quanto uma gota de suor que se desfaz no asfalto quente
(e eu não posso evitar)
tão efêmera quanto o beija-flor que apareceu na janela do meu quarto ontem e eu sei que nunca verei outra vez
(e ninguém pode evitar)
me pergunto se meus amigos de infância me reconheceriam se ao acaso me vissem hoje na rua.
e se saberiam que o meu rosto vem mudando por causa de todos os golpes inesperadamente inevitáveis que vem com o passar dos dias.
aprendi a me proteger de muitas coisas
exceto do passar do tempo
ainda me encho de espanto quando me vejo nele e o ouço dizer que todos os dias e eu, somos a mesma coisa.
tão cheios de inconsequências
ingênuos demais pra entender como ele - o tempo - é sempre honesto
mas não nos deixa fazer pedidos.
me pergunto se seria um pedido de ajuda, se eu pudesse fazer um.
porque sei que os golpes continuarão inevitáveis

mesmo que eu já os espere
e ainda vão deixar marcas
e vão continuar mudando meu rosto
até que cheguem os dias em que não trarão mais dor alguma
e o passar dos dias e eu, seremos o lar de toda compreensão.
a verdade é que quero aprender a não ter pressa
e se eu pudesse realmente fazer um pedido
seria que o tempo me ensinasse a acreditar em mim e em toda a beleza que há no passar dos meus dias aqui.