Incomoda-nos, ó Senhor

Incomoda-nos, ó Senhor, quando estivermos satisfeitos com nós mesmos; quando os nossos sonhos se realizaram porque sonhamos muito pequeno; quando chegamos em segurança porque navegamos muito próximos à costa.

Incomoda-nos, ó Senhor, quando com a abundância das coisas que possuímos, perdemos a sede pelas Águas da Vida; nos apaixonamos pela vida, paramos de sonhar com a eternidade. E em nosso esforço de construir uma nova terra, temos permitido que a nossa visão do novo céu desapareça.

Incomoda-nos, ó Senhor, a desafiarmos mais corajosamente, a nos aventurar em mares mais profundos, onde as tempestades mostrarão o Seu domínio; onde, perdendo a vista da terra, encontraremos as estrelas.

Pedimos para recuar o horizonte da nossa esperança, e para nos inserir no futuro com força, coragem, esperança e amor.

Francis Drake

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.