De frente a mim

Sempre que subi
Achei “foi exagero” 
Sentei-me de frente a mim 
E mesmo lá no alto

Agora o que eu fazia 
Não era ver todo o mundo 
Era ver o mundo todo em mim.

“Lar é onde o coração está.”

Eu posso entender tudo isso, e você? 
O que você tem carregado no seu mundo? 
Talvez você tenha reclamado do caos no mundo 
Mas e esse seu mundo cheio de caos?

Quantas vezes podemos dizer eu mereço um lugar melhor se nem o nosso mundo podemos mudar?

Eu em vezes tenho medo de me expressar por medo de ser uma má influência à alguém, e tento ter muito cuidado com isso. Mas preciso compartilhar de que o mundo de muita gente ta feio.

Você com um rosto tão bonito, tem um mundo tão feio, 
Com um corpo tão bonito, tem um mundo tão feio, 
Você rico, você estudioso, você talentoso, 
VOCÊ TEM UM MUNDO TÃO FEIO!

Quando catástrofes naturais ocorrem no mundo, a gente se recupera, a gente cuida. E por que no seu mundo, quando catástrofes naturais ocorrem você se afunda ainda mais? Você faz questão de se afogar e desistir do seu mundo? 
Não faça isso com você. Oh, não, por favor.

Não confundam maturidade com feridas de decepções. Maturidade é se recompor. Cuide do seu mundo.

Ah, e não esqueça, tem alguém disponível pra você, te olhando bem do alto. E de frente pra você.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.