Quarta-Feira

Dor do não ser (autoexplicativo)

Certa vez eu estava sentado ao lado de um pé de manga, fiquei ali por horas, por que os frutos caem? Seria tão involuntáriamente quanto o meu não ser? Posso tê-lá a qualquer momento, ainda assim, sinto a dor do não ter. O vento passou tão forte nesse tempo que eu estive com ela, acabei retrocedendo. Inquietude do não querer, é tão involuntária quanto uma folha em meio a uma ventania. E o não ser? Não sei, ainda não sou.
Like what you read? Give Davi Lucas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.