Cinco meses de ti

Já cinco meses se passaram e já sorris tanto mesmo não fazendo ideia do mundo que tens pela frente. Reconheces-nos em qualquer momento do teu dia não deixas passar essa alegria. E isso enche-nos o coração de tal forma que mesmo que estejamos cansados, o teu sorriso dá-nos força para continuarmos. Obrigado filha por isso.

A tua felicidade em cada momento que estamos contigo torna-se num sentimento tão poderoso que não encontramos palavras para o descrever. É algo que não cabe dentro de nós. Sabemos que é Amor mas com algo mais.

Foi essa tua felicidade e alegria que contagiou todos os que connosco embarcaram na tua primeira viagem de avião. Mais de 8h de viagem, 7000 kms viajados e tu sempre sorridente e calma a ensinares aos pais que nunca te devem subestimar pois nos momentos certos tu sabes como reagir. Não é por mal filha mas queremos tanto que tudo corra bem que não nos apercebemos do nosso sentimento. Foi uma viagem e pêras. Até a tripulação da TAP do TP075 ficaram encantados contigo por só teres (quase) cinco meses e teres demonstrado uma maturidade tão grande. Parabéns, filha!

Queres falar mas ainda não consegues. Tem calma, com o tempo tudo conseguirás. Adoras quando te pegamos ao colo e nos rimos para ti. Como é que sei que estás feliz por nos ver? O teu olhar é tão puro e inocente que sentimos o que te vai na alma. Talvez não te recordes, apesar de existirem fotos para eternizar o momento, mas quando estás na rede deitada a tua felicidade naquele momento é tão grande que o teu rosto sorri por completo. Esse mesmo sorriso quando os pais te deram pela primeira vez a sopa e a fruta. Foi um momento tão lindo e especial pois mais uma vez demonstraste que mesmo sujando tudo, sabes comer com a colher. Foi lindo, lindo. Está tudo filmado.

Cinco meses já se passaram e hoje, precisamente no dia do teu “mês”versário sentaste sozinha. Estávamos todos juntos a ti. Não imaginas o quanto estes momentos para nós nos enchem de orgulho, alegria e de ainda mais amor por ti.

Começas a ter percepção que sempre que te olhas no espelho, do outro lado, há alguém que te acalma nos momentos de choro. Inspira-te confiança, tranquilidade e harmonia. És tu! Ainda não tens essa consciência mas és tu que te acalmas ao olhar-te no espelho. Essas tontices fazem-nos sorrir pois é lindo ver o teu desenvolvimento. Obrigado filha por nos permitires ter esta experiência de sermos pais contigo. Nem te conseguimos dizer o que sentimos.

Um dia quando leres estes textos perceberás o quanto te amamos desde o primeiro dia e quanto nos orgulhamos por seres a nossa filha tão desejada. Nunca duvides disso.

Tal como na música da Carolina Deslandes que te ajuda a tranquilizar em qualquer momento de aflição, sabíamos que era para a vida toda o amor que sentimos por ti.

Amamos-te muito, Madalena.