New Zealand

A beleza salvará o mundo*

Por mais que queiram os homens de feiura e desgosto ofuscar as cores belas desta Terra, dia após outro, Deus pinta tudo de novo de "bonito." É Ele quem reveste de formosura a flor, e acorda todos os dias o Sol. O formato único das nuvens em bandos e a cor ímpar dos finais de tarde, provêm de sua pena e paleta. As procelosas vagas do grande mar, uma a uma se prostam em louvor ao seu Criador. A semente de trigo que germinou, brotou, cresceu e floresceu, agora frutifica a trinta, sessenta e até a cem por um. É Ele quem reveste os campos de pão e desperta em mim todos os dias o desejo de proclamar o Ano Aceitável do Senhor. O Ancião de Dias, sustenta todos os corpos celestes pela destra de seu poder. Ele chama cada um deles pelo nome, não se esquece de nenhum. Dos meus lábios brota um louvor ao Eterno, pois quem pode esquadrinhar seu pensamento ou mesmo medir seu esplendor e glória. É Ele quem doa a vida e a toma quando bem o quer, dEle, para Ele e por Ele são todas as coisas. Tudo nEle inicia-se e é nEle que encerram-se todas as coisas. Fico boquiaberto em extupefação ante sua Glória e Sabedoria Sempiterna.

*Frase do livro O Idiota, de Dostoiewski

Like what you read? Give Davidson Luna a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.