Dura

tudo é bom enquanto dura

enquanto perdura

por enquanto fiquemos com a picadura

da abelha

que ao mesmo tempo que fura, cura

essa loucura

custe o que durar

dure o que custar

você perdura

se pendura

dependo dessa coisa dura

que me amargura

e já foi dito que amar cura

cura? Que fissura

essa coisa de querer o que dura

o que dura é o tempo

tão maleável em seus contratempos

é duro essa vida dura de querer durar

decerto ainda há tempo para o talvez perdurar

rejeito a ditadura do sim

me desvio do que te aprisiona a mim

inevitável desejo do sim

mas me entrego a aceitar o fim

Like what you read? Give Dayane Tosta a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.