Historinha pra você completar

- Não Júlio, eu não quero tentar de novo
- (...) 
- É como eu te disse, pra mim não tem mais volta mesmo
- (...)
- Tá bom, Júlio, já-enten-di! Agora preciso desligar, tô na fila do supermercado caramba! Tá quase chegando a minha vez.
- (...)
- Pois é. Eu lembrei disso também. Inclusive, tem um cara aqui na minha frente levando fraldas descartáveis e uma gilette de três lâminas. Na frente dele uma moça com um saco de pão e uma grade de Glacial. Gla-ci-al, Júlio! Glacial. Acredita?! 
- (...)
- Aff! Serio mesmo que depois de tudo eu ainda tenho que escutar isso?! Me poupe! Tchau! Tem alguém aqui na linha, vou atender, acho que deve ser minha mãe ou o cara do seguro do carro.
- (...)
- Não coloca a minha mãe nessa história! E mais ainda, não coloca o cara do seguro do carro nessa história! Você sabe muito bem que não foi por isso!
- (...) 
- Abraço Júlio! Passe bem! Vá cuidar da sua vida!
- (...)
- Olha que eu vou bater na sua cara ein?
- (...)
- Não sei como ficou isso não. Passa lá na Vera essa semana que ela te diz. Me esquece. Tchau!.. Eeeeeeei! Espera rapidão! Como é mesmo o nome daquela banda? 
- (...)
- Aquela, imprestável! Aquela que é a última coisa que nós temos em comum
- (...)
- Tá bom, tá.

(- Com licença senhora, sua vez)

- Olha, agora eu vou ter que desligar mesmo. Chegou minha vez. Até nunca mais!

Tu, tu, tu, tu, tu, tu, tu.....

- Boa noite senhora
- Boa noite moça
- Além das suas compras você vai colocar créditos no seu celular?
- Não não, obrigada. O celular não é meu.

(De quem era o celular? O que o Júlio falou? Quem era a moça da ligação? Por que ela terminou a relação?)

???????????????????????????????????