Eu já fui depreciada por outra mulher no ambiente de trabalho, esta extremamente dura e que se…
Francinete B.Santos
21

Francine, te entendo! Eu mesma já fiz isso. Teve uma época na minha vida que, buscando a constante aprovação dos homens, eu passava a desprezar qualquer coisa considerada feminina. Estava super investida na minha saga de ser “um dos garotos” no meu grupo de amigos. Aquela mina descolada, que eles acham legal, que arrota junto na mesa e não liga pra fazer as unhas. Depois eu caí na real e entendi o quão babaca isso era.

Às vezes a gente internaliza a raiva por não ser levada a sério, como um homem é, e devolve isso pro mundo numa espécie de emulação de masculinidade (ou pelo menos rejeição da feminilidade). Essa mulher com quem você trabalhava provavelmente fazia a mesma coisa.

Like what you read? Give Débora Nisenbaum a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.