Mudar é difícil pra caramba.

Mas vai dar tudo certo.

É o que tem acontecido comigo.

Sendo sincera, nunca imaginei que fosse capaz de me provar disto. Fui, boa parte do tempo, adepta a deixar as coisas como elas tivessem de ser. E quando parei para pensar, já estava sendo um pouco tarde.

E ai então, tínhamos um problema. Além de mim, é claro.

Por muito tempo, não consegui enxergar o que precisava vir a ser mudado. E sim, acho que isso pode ser normal. Mas eu construí muros ao redor de mim, construí ideias e tornei todas elas verdades. E qualquer coisa que viesse a contrariar, eu repudiava.

Se tem algo que não me orgulho, foi de agir dessa forma. Mas acontece, mesmo sem ter a intenção. E a questão toda, é que no final, quando vamos nos dar por conta, o grau de consequência desses atos, pode ser grande.

E podemos até pensar que é tarde demais, mas é ai que não. Ela chega, e a gente tenta remendar, atrasar, enganar... Porque não é fácil. Ela nos põe a prova, nos tira da zona de conforto; nos faz sentir um medo; mas dá aquela coragem.

A parte mais interessante da mudança é comparar, reconhecer e valorizar os pequenos avanços. Já que a parte mais difícil está em continuar, quando tudo que inconscientemente queremos fazer, é voltar para nossa estabilidade.

Para mim, ela chegou em um momento muito confuso. E foi o que mais motivou. Não que esteja sendo fácil, mas permitir a dúvida foi o primeiro passo.

E é tudo uma montanha russa. O tempo, o medo, a indecisão, mas ai passa. E você muda.

Nesse caminho, a certeza que podemos ter é que sempre as coisas vão evoluir. E seremos capazes cada vez mais, de enxergar novas perspectivas da realidade.

Porque não dá pra ser imune, ela é necessária, as vezes. E quando a gente entende, é maravilhoso aprender a lidar com esse montão de possibilidades.

Por muito tempo, eu acomodei minha vida da maneira errada. Mesmo ciente eu tive medo de mudar, de aceitar meus problemas, aceitar quem eu era e de como as pessoas em volta me enxergavam. Perdi, tanto a mim quanto aos outros, e foi doloroso.

Foi quando percebi, não precisava ser assim. Não dá pra esperar a felicidade chegar, a gente precisa buscar. Como as tantas outras coisas que queremos.

Então, um conselho. Dá pra mudar, sim. E tem que ser por nós, não muda pra agradar ninguém. Não desiste se der errado, e confia.

Mudar é bom, e vai dar tudo certo.