Perene

A vida é uma coisa muito perene. é bizarro como mortes, perto ou distantes de mim, mexem comigo e me deixam em off por um tempo. acho que, por isso, eu tendo a abraçar e amar as pessoas próximas a mim de forma intensa, encher de beijinhos e cafunés o tempo todo. 
eu tenho um medo constante de perder as pessoas especiais pra mim. e talvez esse seja o motivo o qual eu me emociono constantemente com momentos prazerosos perto deles. 
eu coleciono momentos e memórias. anoto todos eles com as datas pra nunca esquecer e manter perto de mim toda a delicia de vivê-los. gosto de dar uns passos pra trás e olhar de camarote a diversão e alegria dos meus amigos e sentir a felicidade de estar junto deles.
memórias são importantes. a vida é importante.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.