Nada que É Tudo


Do Nada viemos e para o Nada voltaremos.

O Nada, tudo contém e dele tudo vem, em tudo está contido!

No Nada somos o Todo.

O Todo em nós é Nada!

Ser Nada é SER Tudo!

Não é Tudo ou Nada, mas sim: Nada e Tudo, simultaneamente.

O Nada se manifesta no nascimento, existência e morte.

O Nada sempre é!

Habita na Eternidade, é a nossa Origem e Finalidade!

O Nada é silêncio, caos e mistério.

No Nada encontramos a Paz e transcendemos o que é transitório.

Ser Nada é libertador e nos desperta do que é ilusório. Pois no Nada vivemos a Leveza do Ser!

Do Nada surge o Amor e se manifesta sendo o que é: Pura Energia, Vida, Criação e Transformação.

Gerando tudo: construção, destruição e renovação!

No Nada o Espírito descansa e regozija!

No Nada o Ser é preenchido pelo Todo!

O Todo não precisa ser algo. Pois ele é Tudo e também Nada!

No silêncio sentimos o não existir, o Vazio, o Nada!

Simplesmente, sendo o que Somos: o Nada que é Tudo!

Sendo Nada nos integramos ao Todo ,que É em nós !

Por Deise Aur

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.