Viajar não é coisa de rico nem de esnobe. Pensar assim é que faz de você um idiota.
João Marcos
51

“Todos morrem mas nem todos vivem”. Bela bosta. Se manca. Sai dessa bolha. Que papo chato dos infernos, que conversinha manjada. Tá todo mundo vivão sim. Tá todo mundo na labuta colhendo o que pode caminhando no resultado das próprias ações e das consequências de ações alheias sobre nós. Se defendendo como pode, subindo e descendo na confusão incerta do Samsara atrás de um descanso, uma glória, uma trégua. Se relacionando com os elementos, as pessoas, as famílias, os ecossistemas, as plantas, palavras, pensamentos, pedras e seres de outras esferas. Essa conversa de que nem todos vivem, apenas existem, é uma falácia idiota da autoajuda usada por quem quer se sentir superior. Como se viver fosse viajar por aí atrás de experiências “novas”. Mal sabe você que podes viajar pra onde for, você vai junto. A fonte das experiências é você mesmo e não o mundo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Denis Cardoso’s story.