Heaven In Flames 2017 HIF

O cartaz realmente captou todo o clima do jogo

Aonde você estava no dia 09 de setembro de 2017 as 00:00 horas ? Bom eu estava em frente a um portão de tela de ferro totalmente escancarado que dava pra um caminho de barro batido no meio de um breu absurdo, isso numa rua deserta em um bairro industrial numa cidade que nunca tinha ido antes. E ali começou o HIF pra mim !

Heaven In Flames (HIF para os íntimos) é o mais famoso jogo de airsoft na modalidade MilSim (simulação militar)de longa duração no Brasil na sua quarta edição e ameaçando de ser a ultima pois o local usado, um parque ambiental desativado, está para ser reativado pela prefeitura da cidade.

Andei por uns 300 metros tendo apenas a estrada de barro batido como referencia de direção e mesmo assim não dava pra ter certeza de estar no caminho certo, tentei contato telefônico e por whats app antes de entrar no parque com o pessoal da equipe que tinha vindo durante o dia sem sucesso e na hora que pensei em repetir a ação no meio da estrada (que margeava a parte residencial do bairro) vi um grupo de caras na rua debaixo de um poste ao lado de 2 carros, isso num bairro sem movimento algum a meia-noite! “ ah! mas tem a cerca de tela de ferro!” mesmo assim hesitei em tirar o celular e ligar o holofote da tela na minha cara no meio da escuridão que me ocultava e mantinha minha presença não percebida por eles. Fiz muito bem porque exatamente na frente deles a tela tava destruída e a passagem da rua para o parque estava livre, andei um pouco mais rápido e comecei a perceber que a estrada começava um desnível e estava vindo uma luz. Era um carro me joguei na frente dele e perguntei ao motorista se tava na direção certa “ é só andar mais um pouquinho ai e já chega lá” agradeci e lembrei na hora to em minas e isso foi um “logo ali” de mineiro né ?…

Depois de mais 300 metros, viu que era ali de minero?, cheguei no campo de futebol de tamanho oficial de barro batido (AH! mentira!) que foi usado de safe zone e área de camping. Confesso que a quantidade de pessoas no local me deixou em duvidas sobre o efetivo em jogo ser o suficiente, mas graças a deus a manhã seguinte me mostraria que estava errado.

Após procurar o pessoal dos Reapers (minha equipe) e localizar parti pra barraca da preta pra jantar, já tinham mandado a tabela de preços antecipadamente e lá mostrava que teria um feijão tropeiro que me despertou uma curiosidade imensa!, nem preciso dizer que o feijão tropeiro era maravilhoso! O melhor que já comi até hoje o torresmos derretia na boca e acompanhado da cerva geladinha me trouxe o alivio que precisava após a viagem.

Cronei a AEG, que bateu de 10 a 15 FPS a mais! Em conversa com o lobão ele me explicou que a altitude somado ao clima seco deveria causar essa reação, e fomos tirar foto no painel que colocaram a nossa disposição para tirarmos fotos!

Nem tava eufórico pro jogo ne ?

Depois disso tudo já tava além das 2 da manha e eu, Igor, Caputo e o Rogério decidimos dormir. E ai que começam os perrengues…..

Continua….