Já são conhecidos os finalistas do Desafios Porto.

Após receber mais de 100 propostas de soluções por parte de empresas da região para resolver desafios identificados pelos cidadãos do Porto, a Câmara Municipal do Porto selecionou 10 propostas finalistas para os 4 temas em concurso.

Depois de serem divulgados 16 desafios enfrentados pela cidade do Porto e identificados pelos cidadãos no âmbito do Desafios Porto., o Município convidou empresas da região a submeter soluções tecnológicas e inovadoras que possam resolver os desafios propostos.

Foram recebidas mais de 100 candidaturas e após uma avaliação que considerou critérios como o impacto que a solução proposta terá na cidade, a sua capacidade de replicação noutros locais e também o impacto que terá na empresa que a submeteu, a Câmara Municipal selecionou 10 finalistas.

Considerando a elevada qualidade das propostas recebidas, o Júri entendeu ser importante dar a conhecer um conjunto mais alargado de finalistas, sendo que a decisão sobre a proposta vencedora para cada um dos temas será conhecida no início do mês de Janeiro. A lista detalhada das soluções selecionadas é a seguinte:

Área de Saúde e Bem-Estar:

· KEEPCARE Mobility, da empresa Increase Time, é uma solução para o desafio “O Quintal”, de apoio aos idosos e pessoas com elevado grau de dependência, que permite a qualquer pessoa monitorizar continuamente e à distância, o estado de saúde e a localização de outro indivíduo.

· Porto3i, da empresa SiosLIFE, é uma solução para o desafio “O Quintal”, para o desenvolvimento de uma plataforma que promove o envelhecimento ativo e a inclusão social através do recurso a tecnologia de interação e comunicação, adaptando hardware e software às características físicas e intelectuais de cada utilizador.

Área de Mobilidade e Ambiente:

· FREEWAY, da empresa NIBBLE, é uma solução para o desafio “Dar Luz Verde à Vida”, que propõe o desenvolvimento de um sistema que permite em tempo-real, adaptar os semáforos das vias para onde se dirigem as viaturas em estado de emergência.

· GoGarage da empresa Junta Digital, é uma solução para o desafio “Estacionamento Inteligente”, para o desenvolvimento de uma plataforma web que pretende maximizar a utilização dos espaços disponíveis nos centro urbanos, permitindo a procura, seleção, reserva e aluguer de garagens em espaços privados para resolver o problema de falta de estacionamento.

· Eyeparking da empresa HealthyRoad, é uma solução para o desafio “Estacionamento Inteligente” para o desenvolvimento de uma solução de gestão de lugares de estacionamento que utiliza câmaras CCTV para identificar a ocupação de lugares e tipo de estacionamento. Toda a informação recolhida é disponibilizada nas plataformas Mobi.me e FIWARE.

Área de Cidade Digital:

· pOw, da empresa U-concept, é uma solução para o desafio “Pagamento com smartphone nos transportes públicos”, que apresenta uma plataforma para a utilização de “dinheiro na forma digital”, que torna mais fácil pagar, comprar e gerir bilhetes.

· GameOn, da empresa Positive Blue, é uma solução para o desafio “GameOn Porto”, que apresenta uma plataforma para a análise integrada de consumos de água, gás e electricidade, tendências, comparação e simulação de tarifário para redução do consumo.

· Colab.re, da empresa Colaborative City Solutions, é uma solução para o desafio “AvariAPP”, que apresenta um aplicação mobile e web para ligação dos cidadãos portuenses à cidade, tornando-os recursos ativos na sua manutenção.

Área de Energia:

· LightMeetingPlaces — da empresa ThinkLight, é uma solução para o desafio “Ligth Meeting Places”, que propõe a utilização de tecnologia e design urbano, combinando energia fotoVoltaica e tecnologia de armazenamento para produzir iluminação selectiva e qualitativa.

· Omniled, da empresa Omniflow, é uma solução para o desafio “Ligth Meeting Places”, que propõe a criação de um sistema de iluminação inteligente de espaços públicos, 100% auto-alimentado por energia eólica e solar.

Fizeram parte do júri Clara Gonçalves (UPTEC), Frederico Barreto (Ernst & Young), João Moreira (NOS), Miguel Barbosa (Agência Nacional de Inovação), Paulo Pinto de Almeida (EDP Distribuição), Paulo Calçada (Câmara Municipal do Porto), Rui Coutinho (Instituto Politécnico do Porto), Teresa Stanislau (Câmara Municipal do Porto), Vasco Lagarto (TICE) e Vladimiro Feliz (CEIIA).

As 4 soluções vencedoras serão financiadas até 50 mil euros, de acordo com o o plano de trabalhos e orçamento apresentado. Este financiamento é garantido pela Câmara Municipal do Porto, EDP, NOS e CEIIA — Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel. Cada empresa contará ainda com um apoio de consultoria até aos 12.500 euros por projeto, cedido pela Ernst & Young.

A simbiose entre desafios e soluções resultará em projetos que vão ao encontro de anseios reais manifestados pela população e num forte impulso ao desenvolvimento do ecossistema de empreendedorismo da cidade, potenciando o Porto como uma cidade de inovação e criatividade à escala nacional e internacional.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.