Novo projeto mobiliza grupos juvenis no Recife

Uma nova parceria está sendo construída entre a Diaconia e o Exército de Salvação no bairro da Torre, zona norte do Recife, apoiando cerca de 25 jovens entre 15 e 22 anos, das comunidades de Santa Luzia, Mangueira, Iputinga, Cardoso e José de Holanda, atendidos pelo Centro Comunitário Integração. O passo inicial foi dado no último dia 18, com a primeira atividade de construção do Diagnóstico Rápido Urbano Participativo (DRUP), metodologia utilizada pela Diaconia nos contatos com as comunidades. O DRUP busca identificar as demandas, desejos, inseguranças e perspectivas do grupo, levantando estratégias de atuação que deem resposta a estas ansiedades.

Mais duas dinâmicas serão realizadas com o grupo nesta quinta (20) e no próximo dia 25. De acordo com o assessor político-pedagógico Joselito Costa, todo o material produzido pelos/as jovens será analisado e apresentado em uma devolutiva no início do mês de maio, quando será apresentado um Plano de Ação para as atividades do ano.

Uma constatação inicial é de que as comunidades, mesmo as que estão em conjuntos habitacionais, não dispõem de espaços que fortaleçam e valorizem a vivência da juventude, o que torna o Centro Comunitário um espaço de encontro e convívio para o grupo.

“Cremos que o projeto irá impactar na valorização destes jovens junto às famílias e comunidades. A proposta é que cada participante volte para sua localidade reconhecendo seu potencial de construir grupos comunitários, disseminando a experiência de autonomia e participação, e que também sejam protagonistas nos espaços públicos”, afirma Joselito.

Estão previstas formações em cultura, arte-educação, empreendedorismo e participação em políticas públicas, para a transformação do contexto social em suas comunidades. As atividades também incluem trocas de experiências com outros grupos já apoiados pela Diaconia, como o Quebra Kabeça, Pedra Polida e CCJ Recife.

Formação Política - Outro grupo juvenil também está se estruturando no bairro do Janga, município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Em parceria com a Associação Projeto Criança, ligada à Igreja Menonita, cerca de 20 jovens serão acompanhados a partir de maio, com oficinas temáticas e rodas de diálogo sobre os direitos do Estatuto da Juventude, com a perspectiva de efetivá-los no dia a dia da comunidade. As duas iniciativas contarão com o apoio da agência alemã Pão para o Mundo.

Por Carlos Henrique Silva, assessor de Comunicação da Diaconia