Uma carta aberta a Mark Manson
Luca Atalla
15738

É impossível especificar a realidade de cada um em um texto de longo alcance. A generalização, nesse caso, foi bem vinda e necessária. Também sofro com esse problema, as vezes escrevo uma crítica e sempre aparece alguém dizendo “Opa, espera aí, mas eu não sou assim!”. Ok, fico feliz em saber que não, mas a grande maioria é, e é para eles que estou falando. Enfim, o seu texto é válido, expressa um desabafo, tem bons argumento, mas um tanto quanto egocêntrico. Achei os “merchans” desnecessários (minha opinião).

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Diego Andreasi’s story.