A Forma e o Conteúdo #1 — A Relação

“Design é relação. Relação entre forma e conteúdo.”

Quem disse isso foi Paul Rand, um dos grandes mestres do design gráfico moderno. Mesmo que você esteja apenas começando a trilhar seu caminho nessa área é possível que já conheça um dos seus trabalhos: o logo da IBM, um dos designs mais atemporais da história.

A primeira vez em que me deparei com essa frase foi ao ler Conversas com Paul Rand, de Michael Kroeger, e foi aí que realmente comecei a me questionar sobre o que design poderia significar. Claro, acho importante cada um ter sua própria noção das coisas, mesmo outros grandes nomes do design o descrevem de forma diferente, mas o que Rand disse realmente me fez refletir sobre o que eu sabia a respeito do termo até então, e o que isso significaria para mim como um profissional de design dali pra frente.

Ah, sim! Desculpe. Antes de continuar vou me apresentar:
Olá! Me chamo Diego, tenho 29 anos, sou um designer gráfico autodidata e quero compartilhar um pouco de conhecimento com você, caso esteja interessado.

Minha a relação com design é mais longa do meu primeiro contato com o livro. Entrei nisso tudo de maneira bem informal há quase 11 anos, começando como Arte Finalista em uma pequena gráfica, só porque eu sabia “brincar” com alguns programas, até chegar a minha atual posição como Diretor de Criação na Procriativo. Durante o caminho aprendi muito com os amigos que me apresentaram esse mundo, colegas de trabalho e diretores, mas na maior parte das vezes eu me virava sozinho — entrando no desconhecido, somente eu e minha grande curiosidade. A evolução no craft da coisa toda é natural quando se busca por informação, porém sem ensino superior sempre senti que alguns conceitos teóricos me faltavam. Com uma situação financeira e pessoal desequilibrada, sem condições de tentar uma faculdade de qualidade, procurei (e continuo procurando) em livros e outros materiais as respostas para as minhas muitas dúvidas. Foi assim que entrei em contato com Paul Rand, Ellen Lupton, Timothy Samara e outros professores que nunca conheci, foi assim que minha percepção sobre design começou a mudar. Então eu pensei que talvez estivesse na hora de começar a falar sobre isso, que talvez estivesse na hora de começar a compartilhar o que eu aprendi com outras pessoas que, assim como eu, querem descobrir os whys por trás do design.

Criei essa série, A Forma e o Conteúdo, pois quero fazer do meu perfil no Medium um caderno aberto aonde pretendo ensinar e aprender com você, leitor. Espero que no final você leve consigo pelo menos uma ou outra coisa que vá aprender aqui — eu sei que eu vou.

No próximo post vou abordar os básicos do design: algumas ideias simples e por onde começar. Minha intenção é postar pelo menos uma vez por semana, preferencialmente aos sábados. Imprevistos podem acontecer, mas vou tentar não decepcionar ninguém.

Então é isso. Espero por você no próximo sábado.
Obrigado!

See ya!