Personalizando o Sim

De acordo com o IBGE, há 34 milhões de solteiros no Brasil entre 20 e 40 anos, cerca de 41% deles, ou seja 14 milhões de pessoas pretendem casar nos próximos dois anos, se apenas a metade realizar esse desejo, o resultado será algo em torno de 70 milhões de reais movimentados em média, por dia.

Pesquisa realizada com 3500 noivas que estão por se casar no próximos dois anos apontou que 77% pertencem as classes A e B e vão gastar valores aproximados a R$100mil, e 45% delas temem gastar ainda mais do que este valor.

O gráfico ao lado mostra que os valores com festas e cerimonias de casamentos dobraram em dez anos, apontando gastos em crescimento.

Entrevistando um casal que recentemente confirmou matrimônio e organizou um evento para celebração, identifica-se que o custo do sim vem crescendo em partes pela busca dos noivos na personalização dos serviços de suas festas.

Debora e Magnus Högland relatam detalhes da preparação de um evento bastante personalizado para agradar a todos os convidados, vindos de vários estados brasileiros e também da Europa. A noiva é manezinha e ele suéco, esta combinação pedia, segundo eles, uma organização muito pensada nas escolhas dos itens e serviços para o grande evento. Ela diz não ter poupado esforços, nem tão pouco dinheiro na construção da festa.

https://vimeo.com/106246572

O casal fez um evento único, desde a culinária, a sessão fotográfica e até mesmo trazendo um ‘Wine Bar’, para degustação de vinhos.

A personalização do evento pode ser observada na sessão fotográfica que os noivos realizaram com Alexandre Santana, que tem toda a sua história na fotografia trilhada aqui na ilha.

Os noivos dividiram o ensaio fotográfico em três partes, primeiro no campo, onde representaram a Suécia, fazendo uso de objetos e até mesmo alimentos típicos.


☺ Débora & Magnus

Foto de Alexandre Santana


O noivo ser pianista, inspirou o casal a propor também uma parte do ensaio ser feito com um piano, e o resultado surpreendeu os dois

Por último, o casal ainda fez a tradicional sessão na praia, representando o lado brasileiro e manezinho por parte de Debora.

Veja as fotos da sessão

Andréia Dutra, que atua na área de organização deste tipo de evento conta que a personalização de casamentos esta cada vez mais comum na capital catarinense. Mediando a relação entre noivos e fornecedores ela afirma que o mercado local vem se profissionalizando, despertando o interesse de casais de todo o país.

Fontes: IBGE 2013 | Pesquisa Casamentos no Brasil | DataPopular — Abrafesta | Revista Claudia Noivas 2013 | DataPopular — Valores corrigidos pelo INPC

Fotos: Alexandre Santana

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Diego Taiani’s story.