Deus lhe pague!

_ Alô, é da loja de conselhos?
 _ Não senhor. A loja de conselhos faliu. Aqui é da loja de clichês.
 _ Faliu? Faliu porquê?
 _ Porque conselho se fosse bom…
_ Não entendi…
 _ Para bom entendedor, meia palavra basta! E também, não adianta ficar chorando por leite derramado. E aí, vai querer um clichê ou não?
 _ Como funciona isso?
 _ Temos clichês, frases feitas e ditos populares a 10 reais cada. Vai querer?
 _ Estou pensando…
 _ De pensar morreu um burro!
 _ Calma, pra que a pressa?
 _ Tem razão. A pressa é inimiga da perfeição e o apressado come cru. Tome o tempo que quiser.
 …
 _ Já sei! Me manda um clichê sobre versatilidade.
 _ Essa é fácil: Quem não tem cão, caça com gato. Já dizia o Raul né? Quem não tem colírio usa óculos escuros.
 _ Legal, acho que é só isso.
 _ Perfeito senhor, são oitenta reais.
 _ Oitenta? Não pode ser. Só pedi um clichê!
 _ Eu tenho tudo registrado, afinal, o seguro morreu de velho. Foram nove clichês ao todo.
_ Mas eu só pedi um. Eu não tinha essa intenção. E não eram oito?
 _ De boas intenções o inferno está cheio meu senhor. Agora são dez.
_ E mesmo assim, só lembro de outros oito.
 _ Você contabilizou a do Raul?
 _ Mas isso é uma música!!
 _ Tem razão, vou checar no banco de dados.
 …
 Senhor, está aqui no sistema. As músicas do Legião Urbana constam como clichê e as do Raul Seixas como dito popular. Não há dúvida.
_ Amigo, isto não está certo.
_ Amigos, amigos, negócios à parte.
 _ Isso é inadmissível! Vou reclamar no Procon!
 _ Eu não faria isso, afinal, bom cabrito não berra.
 _ E você vai me cobrar por essa também?
 _ Claro! Nem relógio trabalha de graça.
 _ Já parei de contar. O molho saiu mais caro que o peixe.
 _ Senhor, agora são 135 reais.
 _ Cento e trinta e cinco? De onde saiu isso?
 _ Você usou uma frase patenteada. São cinco reais pelos royalties.
 _ Inacreditável. Não tenho cartão de crédito. Posso pagar depois?
 _ Fiado só amanhã!
 _ Então que o santíssimo ser supremo lhe remunere!
 _O que? Alô… Alô…Alô…

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.