Podemos criar uma nova “antropofagia”?
Luciano Cunha
153

(Desculpa pelo texto sem acentos, estou sem o teclado PT-BR) Prezado Luciano, seu trabalho eh maravilhoso e necessario neste momento em que estamos. Eu como amante dos quadrinhos desde pequeno (desde os 12) desenhava seus herois nacionais, pois naquela epoca nao me agradava ver o Capitao America salvando o mundo, em uma clara propaganda dos USA. Me recordo que fiz tres personagens, sempre tentanto refletir nossa realidade. Voce, com sua obra continua esse sonho meu de crianca, de mostrar nosso pais. Nada eh facil no Brasil, sabemos disso, mas se vale de alguma coisa, as coisas ja foram mais dificeis; eu mesmo lembro que meu primeiro HQ nao-Monica que li foi um X-Men/Deadpool-type que eu so achei em lojas de 1,99. Hoje se tem bastante meios para se atingir e se criar publico.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.