Ótimo texto Ícaro, mas eu gostaria de acrescentar que esta rotina que você citou não é nem de longe…
Sandro Scotta
1477

Eu cai nesse artigo a partir do LinkedIn e percebo que é para o pessoal da área de Propaganda, mas eu sou de TI e não é muito diferente. Eu também tenho 45 anos e se eu tivesse 18 anos, escolheria a mesma área de TI, pois não vejo nada tão promissor, mesmo assim, com meia idade, ganho menos e trabalho mais do que no passado. Quando era mais jovem tinha esperança de com uns 50 anos estar rico e trabalhar por opção. A realidade foi bem diferente. A diferença era que antes eu trabalhava muito era porque gostava e me envolvia com o trabalho, hoje é por obrigação e pelas contas para pagar. Por isso tudo, não vi tanta diferença do passado para hoje. Pelo menos eu não sou vítima da alta disponibilidade que a tecnologia proporciona, mas sou refém de ter que aproveitar o tempo livre para aprender mais para ser competitivo. Então, hoje eu até gostaria de trabalhar em uma empresa com o perfil de startup que pareça com um circo, não porque isso vai me dar liberdade, a escravidão será a mesma, mas já que tenho que estar nela, que pelo menos seja em um ambiente descontraído do que em um que pareça uma prisão.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.