Centro da cidade.

Se os prédios são blocos de memórias
As nuvens são teu esquecimento

Por que ignora lá fora?
Por que não olha pra dentro?

Sua própria obscuridade.