antes que eu me vá

antes que eu me vá, peço singela gentileza: faça um busto com minha figura.

haverá tempo em demasia até meu cessar. até acessar absolutamente nada. porta entreaberta numa planície salina.

aliás: do whatever the fuck you want. i don’t give a shit. five minutes ago I gave up pretending that I really care about things.

o retrato: rosto de homem à beira da exaustão. para o serviço: artesão dalguma parte remota da américa do sul. de material: argila maleável de boas e más vontades. o resultado: cópia única e fidedigna do meu espírito. remoto, sem fronteiras: escapou-me do corpo às quinze e trina e quatro duma quarta-feira filha da puta. faltou ao compromisso de me inflar de esperança. esvaziei-me feito balão esquecido de festa infantil. penso que esta escrita é infantil, cheira leite de abandono.

a geografia humana é composta principalmente de depressões. há também planícies, nas quais ocorre o acumulo de sentimentos sedimentados. e planaltos, resultado de sonhos erodidos.

não preciso fazer sentido para ser sentido.