5 canções para chutar o medo e começar seu sonho hoje

Seguir seu propósito de vida demanda coragem e essa é a trilha sonora para dizer #AGORAVAI

Acordar atrasado, não tomar café direito. Seguir uma rotina que, mais do que não te agradar, tem limitado seu potencial e o impulso de seguir seu propósito. Você está preso ao mundo de bater o cartão e isso não te satisfaz faz tempo. É preciso dizer que trabalho, de verdade, não foi feito para agradar, mas seu senso de propósito pode definir no que você trabalha e, a partir daí, é o seu sonho que te norteia — não o propósito da empresa.

Há 2 meses eu escolhi largar meu emprego de 4 anos como coordenador. Meu primeiro emprego. Planejei o processo por meses, mas quando a hora chegou foi muito mais uma questão de coragem do que de planejamento. Era necessário cortar o laço numa intervenção cirúrgica urgente. Antes que fosse tarde demais para mim mesmo.

Eu já passei por várias cirurgias. São trabalhosas e exigem recuperação. O que fazia mal saiu, mas está lá o pós-operatório e, para mim, o processo foi um pouco assim. Sim, é tudo novidade a partir de agora; é tudo como eu quero. Sim, há um sorriso no rosto, mas ainda há um curativo.

Em todas as cirurgias que fiz, a música sempre me ajudou. Antes e depois. Seja dedilhando o violão, seja ouvindo canções inspiradoras. Essa é a lista que me inspirou a me operar e começar, em 2015, o que eu mais queria: fazer do catavento*, do Podcast Diversitá e de outros tantos projetos, o meu foco, a minha dedicação.

Eis a lista de músicas que me fizeram pensar muito, sonhar muito, ter muita coragem, senso crítico, gás e também leveza:

1. Mumford and Sons — Believe: a dúvida

Será que eu tenho certeza do que eu realmente quero? “I don’t even know if I believe”.

2. First Aid Kit — My Silver Lining: eu já sei o que eu (não) quero

Para deixar de lado o arrependimento ou remorso dessa decisão. “I won’t take the easy road”.

3. The Temper Trap — Fools: o conflito

Compartilhar pode não ser fácil. “Those fools don’t get my dreams”.

4. Palavrantiga — Partiu: certeza e ação

É preciso tomar a decisão e seguir. Sem mais desculpas. “Partiu, foi embora / Sem mais desculpas / Se libertou / E partiu, foi pra rua / Sem mais desculpas”.

5. Mahmundi — Leve: a calmaria

A incrível sensação de estar no ritmo certo, no caminho certo. “Me leve, eu ficarei mais leve”.

Essa lista, claro, é bastante pessoal em interpretações subjetivas das canções e a partir dos meus valores. Quais as suas canções? Compartilhe nas anotações o que você achou da minha seleção, um pouco da sua experiência de chutar o medo e quais canções foram representativas para você. Vamos conversar?



Originalmente publicado no catavento.me em 28 Maio de 2015.


One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.