dengue

fui buscá-lo n’outra cidade
n’outro lugar
n’outra dimensão
e a quentura anunciava
o que não combinava com o coração

era calor
ele, frio
a febre o deixava quente
só por fora

por dentro era frio

um abraço mentiroso
dois beijos secos
molhado era o suor
quente pela sua temperatura

ele era frio

os exames apontaram dengue
a família repetia
ele enchia a boca
pra dizer que a doença havia voltado

a febre abaixava aos poucos
ele era frio

a febre foi embora sem sinais de volta
e ele continuava frio

os beijos secos, enfim, não existem mais
o molhado agora é a saliva que sai da boca
enojada pelos beijos secos
repulsiva pelo plástico lubrificado

ele era frio
nem a dengue o esquentou.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.