A arte de saber mudar quando se precisa

Um trio de rapazes organizou a confraternizacao de ano novo a ser realizada numa tenda a beira mar. O evento comecaria as 20 horas do dia 31 e terminaria provavelmente as 7 do dia 1 do outro ano.

Tudo planejado, pensado e metodizado como havia sido no ano anterior. Produtos comprados com antecedencia, custos e equipamentos previstos.

Ate mesmo o pe d´agua que desabou horas antes nao foi empecilho para a tríade, que conseguiu lacrar a barraca alugada sem comprometer o quilate do evento.

Somente uma variavel, um detalhe nao percebido na hora da instalação, poderia levar a ruina e fazer todo o arduo trabalho ser desperdicado- a barraca do vizinho. Musicas obscenas em alto e bom som, com pessoas carrancudas, de comportamento grosseiro passaram a incomodar as familias que vieram.

De repente, um dos organizadores deve ter tido um insight — Somos uma tenda, e nao uma árvore…..Tendas podem mudar de lugar….por que nao fazer isso

Algumas horas e muito esforço depois, voltou a reinar a paz e a tranquilidade de quem pagou pra ver os fogos e curtir a familia a beira da praia. E o evento foi um sucesso mais uma vez.

Usando o case como uma metafora para a vida empresarial em 2018. Vc também pode fazer o deslocamento de sua tenda se todas as outras variaveis ja foram corrigidas e o problema eh somente a redondeza que ela se encontra.

Like what you read? Give Monica Loureiro Jorge a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.