Feedback como ferramenta para o sucesso…

Muitas pessoas aproveitam quando recebem críticas, outras levam para o lado pessoal e iniciam discussões desgastantes que não leva a lugar algum. O Feedback é uma das ferramentas para crescer e se desenvolver pessoalmente e profissionalmente. Uma sugestão feita pelas pessoas que nos cercam funciona como uma espécie de avaliação das nossas atitudes.

A partir das informações recebidas é feito um filtro do que realmente pode ser mudado, até porque é preciso analisar as sugestões que de fato nos fará mudar para melhor. É bastante gratificante saber que existem pessoas que se preocupam com o que você faz a ponto de sugerir mudanças que trará benefícios.

É importante tomar cuidado ao questionar a crítica recebida, pois as perguntas devem ser direcionadas ao esclarecimento do que foi sugerido e não com o objetivo de justificar sua atitude. A maturidade é um fator importante para as pessoas que desejam aproveitar as informações sugeridas a elas.

O objetivo final de receber um feedback é aprender com cada sugestão, cada crítica recebida, extraindo o máximo de benefícios que irão agregar valor e tornar o receptor mais forte e preparado para atingir seus objetivos. 
 
 Vale ressaltar que se a finalidade for criticar alguém, faça-o diretamente. Não critique as pessoas através de terceiros, demonstre seu ponto de vista de forma sadia e busque através das palavras passar a sugestão de tal forma que leve o receptor a refletir sobre e extrair o melhor do feedback recebido.

Para quem está sempre em busca de aprendizado visando o crescimento, o feedback é um instrumento de transformação, onde pode-se analisar certos aspectos através de óticas diferentes, absorvendo novas informações e desenvolvendo novas habilidades, fazendo a diferença na vida pessoal e profissional.

Colaboração

“Corrigir quem vive de zombarias é pedir para ser insultado. Repreender um perverso é machucar a si mesmo. Portanto, não se aborreça. Instrua os sábios, e eles se tornarão mais sábios; ensine os justos, e eles crescerão em prudência.” (Provérbios 9, 7–9)

Críticas

“Quem respeita e aceita instruções ama o conhecimento e o aprendizado. Quem odeia uma repreensão justa é um tolo. O filho sábio ouve a instrução do pai, enquanto o zombeteiro se faz de surdo.” (Provérbios 12, 1 e 13, 1)

-

-

-

REFERÊNCIAS

GEHRINGER, MAX. TODAS AS RESPOSTAS: O QUE A BÍBLIA ENSINA SOBRE CARREIRAS E EMPREGOS. SÃO PAULO: BENVIRÁ, 2015.

-

-

-

Klismann Barbosa

(Bacharel em Administração de Empresas)

Facebook: https://www.facebook.com/KlismannBarbosa

Telefone: +55.71.99283–1282

E-mail: klis007@hotmail.com / klismannbarbosa@outlook.com