ALÍVIO

Não sei o momento certo

Nem ao menos sei

Se a ele pertenço

Por isso eu me sento e espero

O desfecho que nos espera é insolúvel

Pertencemos a uma época inalcançável

Calmamente o fim aproxima-se

Daqui consigo ver o riso em seu rosto

O olhar maníaco afunda-me em minha solidão

E tudo o que restou foi a escuridão

Show your support

Clapping shows how much you appreciated DOUGLAS’s story.