Flores de antanho

Aquele sorriso de outrora 
Esguio e livre como nunca 
Parece amanhecer a aurora 
Da minha única pergunta

Quanto tempo tem o tempo?
Sua demora é tarde vazia 
Numa calma espera eu tento
Desfrutar sua companhia

Longa neblina de sonho 
Pequenos olhos de menina 
Onde estão as flores de antanho? 
Teus filhos são minha sina

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.