De carona, bike ou patinete elétrico o importante é chegar no destino

Douglas Evaristo
Dec 10, 2018 · 4 min read

Aplicativos para pegar carona com um estranho no comando já está mais que comum! Agora é a vez de repensarmos o deslocamento First and Last mile (FMLM).

A Uber repaginou no Brasil o antigo Uber Pool para apresentar o Uber Juntos, que promete uma evolução no algoritmo de cálculos de viagens, depois de varias reclamações de demoras e voltas junto com outros passageiros. Um ponto importante para permitir melhores caminhos é o fato do passageiro não embarcar ou desembarcar em um ponto exato que queira! Quem decide isso é o sistema do Uber, facilitando assim a rota do motorista.

Vou falar: testei e aprovei!!

Realmente o Uber Pool era burrinho, e acabava fazendo viagens que chegava a adicionar 1 hora (sem exagero) no percurso. Agora não, peguei o Uber do outro lado da rua, e me deixou na esquina do quarteirão, executando a viagem mais rápida para todos os passageiros envolvidos. Conversando com os motoristas, até a forma de distribuição do valor das viagens foi mudado para melhor, repassando ainda mais valor para o motorista (justíssimo, visto que mais passageiros implica em mais gasto de combustível pelo peso ou até desgastes do carro).

Uber Juntos (https://www.uber.com/pt-BR/blog/o-que-e-uber-juntos/)

Ok, mas vamos imaginar que a população entenda esse novo conceito, você não precisa pegar o Uber em um ponto específico, muito menos descer exatamente onde quer. Vamos pensar nos ônibus e metros, que já existem a muito tempo. Eles possuem uma rota. Dessa forma você precisa imagina como será seu trajeto da casa ou trabalho, até 1 desses transportes. Ai onde entra o deslocamento FMLM (first/last mile), onde pode ser resolvido por bikes (seja ela com estação ou sem estação) ou patinetes elétricos. Dessa forma, você com um custo baixo consegue se locomover pequenas distancias, pegando então um segundo transporte, o qual percorreria a maior distancia, e depois se preciso, novamente uma pequena distancia.

Ilustrando FMLM (from http://www.rtd-denver.com/firstmile-lastmile.shtml)

Pode parecer complexo, mas isso já é o melhor q temos de futuro. E nessa corrida, as concorrentes estão investindo pesado. Testamos os patinetes da Grin (da unicórnia colombiana Rappi) e patinetes e bikes da Yellow (empresa brasileiro). Ambas soluções sem ponto fixos de pegada e devolução, o que significa que para encontrar uma, você precisa olhar no app o mapa e os pontos onde terá uma mais perto de você.

Não vou entrar nas dificuldades que essas empresas enfrentam com relação a “educação” do pessoal e o cuidado com as bikes e patinetes, mas vou descrever como elas fazem para reduzir os “roubos”.

Os patinetes elétricos por serem itens mais “valiosos”, não funcionam depois das 22h da noite.

No caso das bikes, foi determinado um raio de uso, onde o usuário se compromete a não sair dessa linha delimitada no mapa do app, a risco de pagar multa por isso.

Com relação a cobranças, as bikes tanto da Yellow quanto da BikeSampa (as laranjinhas com estações fixas) possuem um valor de R$1 por 15 minutos.

Os patinetes por sua vez custam bem mais caros. Apenas para começar a brincar você terá o custo de R$3, e depois R$0,50 por cada minuto! Isso mesmo! Se precisar rodar por 15 minutos, terá um custo de R$3+R$7,5, totalizando R$10,50. Se bobear vale mais a pena pegar um UberX. :)

Claro, isso tudo está em testes e veremos muita coisa mudando nos próximos meses, mas que a paisagem de São Paulo já mudou (pelo menos na região do Itaim e Vila Olimpia) não tem como negar!

Apenas para comentar: os patinetes são muito divertidos, pegando velocidades de até 16km por hora.

E você, já usou alguma dessas novas formas de se locomover curtas distancias?

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade