Sempre preferi,

Sempre preferi as fotos

aos fotógrafos

a polaridade

aos polaróides

as modelos

ao Photoshop

a cena

ao cenário

a realidade

a moda

a corda

a força

a forca.

Sempre preferi ver

ao desenho

o traço

ao design

o homem

ao designer.

Sempre preferi o click

ao disparo

o por do sol

a lua

ao Fashion

do flash.

Sempre preferi a esquina

ao jeans

da boutique

o batuque

ao shopping.

Sempre preferi

a forma

a fôrma.

Sempre preferi

o que se cria

ao original

a cópia domesticada

e rotulada.

Sempre preferi

a cor

ao suor

a dor

ao pudor.

Sempre preferi

viver

ao falecer

cotidiano da segurança.

Sempre preferi

o que já perdi.

Sempre preferi

sentir

a dormir.

Sempre preferi

rir

a reagir.

Sempre preferi

sentir

a ferir.

Sempre preferi

a curva

a reta.

Sempre preferi

construir

a colher

o garfo

a colher

a fome

ao desejo

o beijo

ao lamento.

Sempre preferi

o jeans

ao terno

o eterno.

Sempre preferi

o que está por vir.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.