Violino de teclas

Cansado de servir a vida
Escutando bongôs e trompetes
Jazz é uma maravilha
Escrevendo coisas aleatórias porque eu posso

Cansei de fazer estórias
Quero fazer a minha própria história
Faze-la acabar, sem culpa, sem remorso
Doutores abrindo meu torso
Abrindo as gaiolas que são as minhas costelas
Me libertando no buraco negro em meu peito
Enquanto fumo um cigarro olhando o por do sol
Baforando minha depressão

Quero ser um violino pianista

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.