Empreendedorismo e Inovação tecnológica — Empreendedores de sucesso no Brasil.

No Brasil, a cada três em cada dez brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. Em dez anos, a taxa total de empreendedorismo no Brasil aumentou de 23%, em 2004, para 34,5% em 2014. O Brasil tem exemplo de empreendedorismo desde o pipoqueiro, que inova e se diferencia dos demais da sua profissão ao Prefeito de São Paulo, João Doria, empresário, jornalista e publicitário, que além de administrar a cidade de São Paulo, possui sua própria empresa, isso mostra que o empreendedorismo está presente no público brasileiro.

Com a crise que o país vem enfrentando é nítido ver que os empreendedores “salvam” de fato pessoas desempregadas, é um looping infinito aonde quem cria seu negócio, gera lucro e acaba expandindo para outro local, criando franquias, oque gera mais empregos. O Brasil carece de tecnologia nos negócios, é algo que não esta presente totalmente incluso.

João Doria:

Hoje Prefeito de São Paulo, João Agripino da Costa Doria Junior, mais conhecido como João Doria, ficou conhecido como entrevistador de talk-shows, palestrante e organizador de eventos empresariais. É criador e presidente licenciado do Grupo Doria, que reúne seis organizações, dentre as quais o Lide — Grupo de Líderes Empresariais, uma associação que promove eventos pagos, tendo em sua mala-direta 1700 empresas nacionais e multinacionais cadastradas que, segundo o site do Grupo Doria, respondem por 52% do PIB privado brasileiro.

Em 2012, foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, segundo a revista Istoé. Em 2016, foi escolhido para ser o candidato do PSDB para concorrer à Prefeitura Municipal de São Paulo nas eleições de 2016. Em 2 de outubro do mesmo ano, foi eleito prefeito da cidade de São Paulo no primeiro turno, fato inédito na história da cidade desde 1992, quando foram realizadas as primeiras eleições municipais em dois turnos no Brasil.

Roberto Justus

Roberto Luiz Justus, é um administrador, publicitário, empresário, apresentador de televisão brasileiro e chairman do Grupo Newcomm, holding das agências Y&R (líder de mercado há 14 anos, de acordo com o ranking do instituto Ibope Monitor), Grey Brasil, Wunderman, VML e Red Fuse e a empresa Ação Premedia e Tecnologia. O sucesso nos negócios levou o empresário para a TV, na qual, em 2004, iniciou uma carreira como apresentador do reality show O Aprendiz. Comandava o talk show Roberto Justus +.

Grupo Newcomm: Uma das principais redes de comunicação do Brasil e da América Latina, o Grupo Newcomm foi fundado em 1998 por Roberto Justus, atual chairman do grupo. Em 2004, tornou-se sócio do WPP — maior conglomerado de comunicação do mundo — e, a partir de 2011, Marcos Quintela, que assumiu a presidência do Grupo em fevereiro de 2016, também passou a integrar a sociedade. O Grupo Newcomm controla as agências Y&R — líder de mercado há 14 anos, de acordo com o ranking do instituto Ibope Monitor –, Grey Brasil, Wunderman, VML e Red Fuse e a empresa Ação Premedia e Tecnologia. Fontes: Wikipédia

Hoje no Brasil nos carecemos de avanço tecnológico, podemos considerar um país sub-desenvolvido aos pés de USA, China, entre outros países lideres em tecnologia. Nós começamos a por a tecnologia no nosso dia-a-dia recentemente, hoje pode-se pedir comida através de aplicativo, pedir um carro com motorista exclusivo para se locomover, monitorar câmeras através do celular, acessar sua conta bancária através de um smartphone. A cada dia que passa nós avançamos, mesmo que gradualmente. Os produtos que usamos — smartphones, calçados, eletrodomésticos, a maioria são importados do exterior, pouquíssimas coisas nós produzimos em território brasileiro, exemplo a marca de calçados Havaiana, que é fabricada no Brasil.

Like what you read? Give Eduardo Borges a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.