Você

Você que tem esses olhos que me desconcertam e esse sorriso que me conserta…
Você que é tão mocinha quanto um murro forte dado na cara e uma dose caprichada de Whisky…
Você que tem essa voz carregada de sotaque e de potência…
Você que é tão guerreira quanto uma amazona…
Você que me contamina com suas gírias…
Você que insiste em querer me compreender…
Você que manda mensagens do nada dizendo que me ama…
Você em quem amei demorar num abraço…
Você a quem indico livros e filmes…
Você com quem já vivi loucuras não recomendadas para menores de 18 anos…
Você que também é companheira no Reino e na lida…
Você que muitas vezes é minha confidente…
Você que me conta seus segredos…
Você que está longe, mas ainda assim mais perto que muitos…
Você que tenta me descrever em textos…
Você, com quem a relação é tão estranha que é indefinível…

Você que é tão você que me dá vontade de nem ser eu…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.