Rumo ao pódio - parte I

Com mais investimentos e com o apoio da torcida, a delegação brasileira chega ao Rio 2016 com um objetivo audacioso: o top-10 no quadro de medalhas. Para tal, são esperados entre 23 e 24 pódios. E quem são os nossos favoritos? De onde devem vir as conquistas? A 30 dias das Olimpíadas, o Edição Esportiva traz os candidatos nas modalidades individuais.

Foto: Divulgação/IAAF

ATLETISMO
Fabiana Murer, uma das quatro favoritas no salto com vara, fez no último domingo (4) a melhor marca do ano no mundo: 4,87m. E com a possiblidade de a russa Yelena Isinbayeva não disputar a competição, em função do doping russo, as chances crescem. Entre os homens, Thiago Braz, também do salto com vara, conquistou o ouro no Meeting de Landau, em junho, e possui a terceira marca do ano: 5,85m.

Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP

GINÁSTICA ARTÍSTICA
Arthur Zanetti é promessa de ouro. Atual campeão olímpico nas argolas, ele venceu três etapas da Copa do Mundo em 2015 e uma este ano. Arthur Nory, quarto lugar na barra fixa no Mundial; e Diego Hipólito, no solo, também podem brigar por pódio. No feminino, Flávia Saraiva conquistou o ouro na trave e no solo em duas etapas da Copa do Mundo deste ano e é candidata.

MARATONA AQUÁTICA
Nas provas de águas abertas, Ana Marcela Cunha acumula uma sequência de oito pódios seguidos em provas de 10 km, incluindo o bronze no Mundial de 2015. Nesta mesma competição, conquistou o ouro nos 25 km.

Foto: Gazeta Press

NATAÇÃO
Sem César Cielo, a maior promesse é Thiago Pereira. Prata em Londres nos 400m medley, ele agora disputará os 200m medley, sua especialidade. Ocupa a terceira posição no ranking mundial e pode bater Michael Phelps de novo. Bruno Fratus, nos 50m livre; Felipe França, nos 100m peito; e Marcelo Chierighini, nos 100m livre, também podem medalhar. Entre as mulheres, Ethiene Medeiros, campeã e recordista mundial dos 50m costas, em 2014, também entra como favorita. Ela ainda postula um lugar no pódio nos 100m costas, na qual foi ouro no Pan 2015. O recente caso de doping, no entanto, pode ter atrapalhado sua preparação.

BOXE
Com a desistência de Esquiva Falcão, prata em 2012, Robson Conceição, da categoria até 60kg, é a aposta brasilera. Nos últimos dois Mundiais, ele chegou ao pódio: prata em 2013 e bronze em 2015. Robson liderou o ranking mundial em 2014 e fechou o ano passado em segundo.

Foto: Miguel Noronha/Gazeta Press

JUDÔ
A grande esperança é Mayra Aguiar (-78kg), 3ª do ranking mundial. Mas a sequência de derrotas para a líder, Kayla Harrison — três em quatro lutas, desde o Pan -preocupa.
Sarah Menezes (-48kg), 4ª do ranking e atual campeã olímpica, foi pódio nos últimos seis torneios que disputou e também deve conquistar uma medalha. Erika Miranda (-52kg) não vive bom momento, mas é 4ª no ranking. Já Victor Penalber (-81kg) é o 6º do ranking na categoria e chega credenciado com o bronze do Mundial 2015.

Foto: Reuters

CANOAGEM
Isaquias Queiróz é favorito ao ouro nas categorias C1 1000m e C1 200m, provas nas quais conquistou o lugar mais alto do pódio no Pan de Toronto, em 2015. Na Copa do Mundo, há dois meses, no entanto, abandonou a prova final antes da reta de chegada.

TIRO ESPORTIVO
Felipe Wu, da pistola com ar, conquistou o ouro em duas etapas da Copa do Mundo deste ano: Tailândia, em março; e Azerbaijão, em junho. Wu já liderou o ranking, mas agora é o 5º colocado.

Foto: Fred Hoffmann / Divulgação

VELA
Robert Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas, é favorito: treina na Baía de Guanabara, local das provas; está de volta a classe Laser, na qual foi ouro em 1996 e 2004; e chega ao Rio motivado pelo título da etapa de Miami da Copa do Mundo. Jorge Zarif, campeão mundial da classe Finn em 2013 e ouro em Miami, também pode medalhar.

Estes são os favoritos a conquistar uma medalha. Como se trata de uma “ciência não-exata”, é impossível garantir que vão chegar ao pódio. Mas também há a possibilidade de outros brasileiros, menos cotados, conquistarem bons resultados, o que pode compensar essa previsão. Amanhã, trago os favoritos nas competições coletivas. Falta só 1 mês!