Usar do papel e da caneta para entrar em contato com emoções pode ser uma forma de reconhecer novas sensações e encontrar solução para necessidades e problemas que ainda temos dificuldades em entender

Image for post
Image for post
Fonte: Pexel

A escrita têm sido adotada como forma de ressignificar experiências de vida e traumas principalmente. O termo sugere que, por meio da palavra, realizemos exercícios que apoiem a compreensão e a transformação de sentimentos e emoções que permeiam o nosso cotidiano.

A escrita tem a função de nos ajudar a viver mais consciente e em paz com as nossas experiências de vida. Quando escrevemos, deixando qualquer sensação de controle de lado, podemos encontrar um fluxo natural de pensamento que traz clareza, inspiração e criatividade. …


Image for post
Image for post
Pexel by Andrea

Nesse momento de isolamento social, é importante intensificarmos o autocuidado. Como a mudança é recente, é comum não sabermos se os serviços que buscamos dispõe de apoio online. Neste texto, vamos abordar como funciona uma sessão de Thetahealing online e mostrar que os benefícios são os mesmos das sessões presenciais e que a distância não prejudica o tratamento.

Eu, Eduardo Alves, terapeuta Thetahealer online e presencial, baseado em São Paulo, vou explicar tudo. Ao final, se você tiver dúvida, envie uma mensagem para mim clicando aqui.

Primeiro, o que é Thetahealing?

Thetahealing, em uma breve explicação, é uma terapia energética que atua na compreensão e substituição de crenças limitantes que estão no subconsciente. …


Image for post
Image for post
Inscreva-se aqui

Desde o início de março, estou conduzindo meditações online a partir das inspirações do thetahealing.

Por meio dessa ferramenta, temos elevado a nossa vibração, mantendo a nossa mente, emoções e espírito conectados com o que há de melhor em nossa criação.

Tem sido, para mim, momentos de grande conexão e aprendizado. Isso porque eu acredito que, juntos, criamos um espaço de energia muito maior.

Se você quer assistir e se conectar com tudo que temos vivido nestes dias, aqui abaixo vou reuní-las.

Esse é um projeto em parceria com o Centro de Desenvolvimento Dora M Bentes.

#1 >> Com foco em acalmar nossas sensações de ansiedade e medo diante das incertezas, essa meditação faz com que entremos em contato com sensações que elevam nossa energia para o momento.
#2 >> Para nos sentirmos expandindo sempre, principalmente em momentos de incerteza e de reclusão, falo e nos conduzo por um processo de manifestação por meio do thetahealing. Nesse meditação, trabalho sentimentos e sensações que nos conectam conosco mesmo e nos revela nosso poder cocriador.
#3 >> Os sentimentos e as sensações que moram pelo nosso corpo é o que demonstro neste vídeo. A partir da conexão com a energia da meditação, sugiro que a deixemos iluminar o nosso corpo e liberar crenças limitantes e sentimentos que não fazem sentido para nós naquele momento.
#4 >> O equílibrio e a harmonia que temos em nós é o tema dessa meditação. O foco também é buscarmos isso nos dias de hoje. Nesse vídeo, abro espaço para nossos poderes intuitivos agirem e, com isso, sentimos a nossa autoconfiança aumentada.
#5 >> Abordar os caminhos para desfrutrar o prazer em nossa vida é o trabalhamos neste vídeo. Meditamos para a abertura da nossa renovação emocional como forma de liberar nossas crenças antigas, que nos impedem de viver o prazer de quem a gente é, de onde e com quem nós estamos.
Image for post
Image for post
Clique aqui e inscreva-se
#6 >> Dessa vez, focamos a meditação no nosso crescimento e união pelo amor. A partir do thetahealing, trabalhamos os pilares do amor, sabedoria e criatividade para a expansão da consciência e liberação de crenças limitantes.
#7 >> Nessa meditação, trabalhamos na liberçaão das crenças limitantes que envolvem a compreensão e a gestão das nossas necessidades emocionais. Por meio da meditação, reconhecemos os nossos desejos de alma e o que eles precisam para se conectar com a gente de forma leve e clara.
#8 >> Nessa meditação, trabalhamos crenças de autocuidado e caminhos para se olhar e expandir se conhecendo em todas as esferas: física, mental, emocional e espíritual.
#9 >> Nesse encontro, meditamos pela transformação e com foco em afastar sentimentos e pensamentos negativos, toda a angústia, depressão e ansiedade que momentos de transição podem ter como desafios.
#10 >> Meditamos para abrir espaço para o encontro com novos caminhos, deixar que mapas inexplorados cheguem até nós. Essa é uma meditação para que encontremos meios e formas de crescimento que estejam em linha com a nossa alma.
Image for post
Image for post
Clique aqui e inscreva-se
#11 >> o que bloqueia sua mente de enxergar o necessário? ao dar espaço para nós mesmos, podemos conquistar mais lucidez, calma, tempo e tranquilidade para lidar com a vida.
#12 >> Vamos meditar para que, ao dar espaço para nós mesmos, possamos conquistar mais lucidez, com calma, tempo e tranquilidade.
#13 >> Quando foi que se sentiu livre? quais sensações essa lembrança lhe trouxe agora? o que lhe impede de ser diferente? Medite para entrar em contato com sua sensação de liberdade.
#14 >> Nesse vídeo, meditamos para potencializar nossa sensibilidade, intuição, acolhimento e emoções.
#15 >> Nessa meditação, vamos meditar para acolher, perdoar e liberar toda raiva, remorso ou ressentimento que pode estar conectado ao nosso passado. Juntos vamos direcionar e focar a nossa energia para a construção do novo mais alinhado com o nosso propósito.
#16 >> Vamos meditar para conhecer e reconhecer o amor na gente, no outro e em nosso passado e expandir para o nosso futuro.
#17 >> Vamos meditar pela conexão com o ser integral: vamos olhar para os aspectos, físicos, emocionais, mentais e espirituais.


Image for post
Image for post
Photo by Dingzeyu Li on Unsplash

O ThetaHealing é uma prática meditativa e terapêutica de cura que identifica e substitui crenças e padrões limitantes em qualquer âmbito da vida — físico, emocional, mental e espiritual.

Essa técnica é baseada no alcance da onda cerebral Theta, que vai de 4 a 7Hz, gerando um estado meditativo. Com isso, proporciona acesso ao subconsciente e permite transformar sentimentos e crenças por meio dessa frequência, que é reconhecida como um espaço de criação e menor resistência a mudanças no ser humano.

Isso acontece porque a realidade é criada primeiro nos pensamentos, conscientes e subconscientes, conectados intimamente com o sistema de crenças e sentimentos. …


Image for post
Image for post
Pexel

Em casa nos últimos dias, me senti soterrado de informações, sem saber ao certo no que acreditar, no que fazer. Conversando com as pessoas e vendo os comportamentos pelas ruas, imaginei que não era só eu a viver essa sensação.

Há algum tempo, meu jeito de lidar com a ansiedade é a meditação. Sentei-me, então, e fui meditar. Busquei caminhos para me conectar comigo mesmo, com o outro. Entender o momento com o olhar do aprendizado que está passando por todos nós.

Desse lugar, tomei algumas decisões e compartilho contigo não como um guia ser seguido, mas como algo que, quando ouvimos nossa voz interior, podemos todos acessar. Se você, neste momento, não consegue fazer isso. Aproveite as dicas abaixo para caminhar em direção ao seu centro. …


Image for post
Image for post
Pexels

Ao lado da minha cama, possuo dois cadernos. Um deles, de folhas brancas reluzentes e pautadas, de capa dura em tons fortes de vermelho e azul, recebe, com frequência, meus primeiros pensamentos do dia. Assim, aleatoriamente. A ideia é pousar ali pensamentos dos mais diversos que acordam comigo e que parecem não ter um endereço certo para morar. Já o outro, menorzinho, em tom madeira clara, uso mais tarde, com menor frequência, mas com mais reflexão. Ele recebe minhas intenções e contemplações sobre a minha vida, além de desafios e agradecimentos.

Na minha infância, era muito comum chamar exercícios como o que mencionei acima de diário. Essa é uma tradição antiga e é possível encontrar registros históricos dessa prática desde o século X. Uma história muito inspiradora nesse sentido é de Anne Frank. A adolescente alemã escreveu, escondida da família, um diário durante sua vida em meio a Segunda Guerra Mundial. Ela morreu em um campo de concentração e o único sobrevivente de toda a sua família foi seu pai, que descobriu seus diários e conseguiu torná-los um livro, o Diário de Anne Frank. …


Uma das minha metas de ano novo é praticar mais e melhor o autocuidado. Ao longo da minha jornada de autoconhecimento, tenho experimentado a importância de olhar para mim para, então, me conectar mais e melhor com o outro, para, de fato, contribuir com o outro.

Cuidar da gente, no entanto, não é tarefa fácil. Nos preocupamos com o próximo, surgem as questões do trabalho, a família pede suporte, o parceiro precisa de atenção. É preciso lembrar que, para o bom funcionamento do corpo e da mente, é preciso valorizar momentos de pausa e autocuidado.

Mas o que é autocuidado?

Image for post
Image for post
Pexel

Significa cuidar de si mesmo, ou seja, compreender suas próprias necessidades, bem como seu sentimentos e desenvolver, a partir disso, hábitos que estão conectados com o seu próprio bem-estar. É muito comum, no entanto, tratarmos autocuidado como uma indulgência, ou seja, uma desculpa para nos presentear e nos sentir merecedor de algo ou de uma recompensa. …


Image for post
Image for post
Photo by Rosie Kerr on Unsplash

Sempre que algo me incomoda, busco compreender o que naquilo preciso observar. E a expressão gratidão, quando surgiu, foi algo que me incomodava bastante.

No princípio, parecia algo fora de contexto. Não encaixava em mim. Tinha a sensação de estar querendo botar na gaveta uma colher que era maior do que o espaço que havia ali.

Mais tarde, percebi que eu não reconhecia em mim a sensação de estar grato. E, por isso, tudo que envolvia expressar tal sentimento, me incomodava.

Quando estudamos ou utilizamos o Thetahealing, falamos de gratidão como uma forma de manifestar e movimentar nossa energia de intenção. …


Image for post
Image for post
Imagem: Stijn Swinnen

Era segunda-feira e faltavam poucos dias para acontecer a 2ª edição da Oficina SELFIE: retrato por escrito. Em minha cabeça, após já ter realizado um encontro, pensei que a ansiedade e a preocupação não estariam ali, me esperando. Mas estavam.

Realizar mais este evento, onde falamos da expressão como forma de autoconhecimento era algo que eu vinha ensaiando e desenvolvendo os detalhes há tempos. Quando me dei conta que o que fazia parte do meu cotidiano poderia ser compartilhado, fiquei muito feliz, mas, ao mesmo tempo, senti medo. Medo daquilo não fazer sentido para além da minha imaginação.

Na última semana que antecedia a 2ª turma do curso, muita coisa ainda parecia líquida. Muito do que sentia que seria mais fácil desta vez estava me desafiando ainda. Pensei em desistir e tirar um tempo para refletir sobre. Se era o caminho a ser seguido. Se tudo aquilo fazia sentido. …


Image for post
Image for post
Imagem: Freepik

O chá entrou na minha vida quando eu me aproximava dos 30 anos. O café era meu fiel companheiro. Naquela época, ele pedia folga. Eu não entendia, mas, na verdade, quem pedia por descanso mesmo era o meu corpo. Ele queria conversar com algo mais singelo, menos forte e mais reconfortante. Foi assim que o chá entrou no meu caminho.

Não troquei um pelo outro, mas acolhi o pedido e dei espaço para experimentar. Foi assim que, com a mesma curiosidade, ouvi a Bianca Lauria, que é terapeuta parceira do Centro Dora M Bentes, falar da sua jornada em aproximar o chá como uma forma de autocuidado, principalmente para lidar com a ansiedade e a tristeza. …

About

Eduardo Alves

Tudo que passa por mim, traz um pouco do que sou, contribui para o que quero alcançar e me auxilia pelos caminhos a seguir. Por vezes, isso vira texto.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store