Fluxo

Eu escrevendo fluxo testando o famoso e único fluxo de consciência sem virgula sem ninguém minha mãe não disse mais nada sobre o câncer a careta barata são fatos da vida eu sou cretino e fino e vou ficando cada vez mais magro e até meu maldito nariz fica deformado vem vai volta sobe desce apaga e finalmente esquece relembra esquenta no microondas preenche a página pra ela ver 24 dias depois osso perna pelo os teus são tão bonitos vira a pagina e compartilha liga pra alguém um novo poster esse é melhor que o último nossa como ele é legal toda vez que alguém tropeça alguém sacode o cabelo sobe no carro me reconforta por favor não confie em ninguém e não observe todas as pessoas sentadas no muro fumando cigarro calculadora falha quando no modo inapropriado e divertido é escrever alguém abre o celular mas erra a senha e tenta de novo pensa em chegar na terra e na outra era o sofisticadíssimo ser sonoro nave de planta sem respirar o aperto no peito e a vontade terrível de chorar opinião no seu devido lugar e relativamente falando esse é um delírio nada inspirado de quem têm o estômago cheio de spaghetti com molho de carne.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Eduardo Kapp’s story.