S14E30

Você está deprimido(a)? Eu não, mas você já tentou essas curas simples?

Quando eu digo às pessoas que sofro de depressão, a última coisa que eu quero ouvir é seu “conselho”. Há sempre alguém que é todo trabalhado no “você já tentou [merda óbvia]?” Ou “você sabe o que funcionou para a namorada do meu primo? [Alguma merda ridícula]”. Ou “meu amigo tinha [condição completamente diferente] e agora ele está bem graças a [merda perigosa]”.

Eu compreendo que essas perguntas vêm de um lugar bom, mas isso não significa que não são perguntas de merda. Elas são. E são quase sempre feitas por pessoas que não sofrem de uma doença mental. Não são só as perguntas, é a motivação por trás delas! A galera do “já tentou?” tende a heroicamente se intrometer como se estivessem prestes a conceder uma revelação secreta e poderosa pra nossa cabeça desinformada. Deixe-me ser muito claro: o que quer que você sugira, há grandes chances de já termos tentado, portanto pare de nos desafiar.

Os papagaios do “já tentou?” são surpreendidos frequentemente quando sua sugestão (geralmente algo que “funcionou” para sua tia) não funciona conosco. A implicação de que essas dicas de alguma forma vão nos curar é irritante. Quando as pessoas dizem “isso funcionou para X e agora eles estão bem”, elas depreciam tudo sobre a doença mental. Acreditar que podem curar ou mesmo melhorar uma condição mental grave com uma pequena recomendação é uma ousada estupidez! É como ir até um paciente com câncer dizendo “Eu não sou um médico, mas você já tentou cristais?”. Então é muito simples: se alguém não pedir explicitamente suas opiniões / sugestões / conselhos sobre sua doença mental, não os dê.

Manter sua boca fechada é grátis e fácil.

Mas para aqueles que ainda querem dar a sua opinião indesejada eu montei esta útil lista de perguntas e respostas, pra economizar tempo:

Você já tentou comer saudavelmente?
Sim. Ainda deprimido.

Você já tentou se exercitar?
Eu mal consigo sair da cama, mas sim, eu tentei, e isso me fez sentir pior. Ainda mega deprimido.

Você já tentou meditação?
Sim. Não clareou meus pensamentos. Na verdade, ela abriu mais espaço para mais pensamentos e a última coisa que eu quero são mais desses. Mais deprimido do que nunca.

Você já tentou chá de camomila?
Opa se já! Ainda quero morrer, contudo.

Você já tentou uma caminhada?
Eu tentei e realmente me ajudou a encontrar penhascos de onde pular.

Você já tentou ficar fora das mídias sociais?
Deixa de ser criança.

Você já tentou fingir ser feliz?
Cada. Porra. De. Dia.

Você já tentou respirar?
Não. É bom?

Você já tentou viver?
Às vezes.

Você já tentou tentar?
Nunca.

Espero que isto ajude! Mas lembre-se: em caso de dúvida, mantenha a boca fechada.

(Tradução livre e não autorizada daqui.)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.