O conto de fadas sobre startups
Ulysses Marins
461

Muito bom o texto Ulysses. Concordo muito com o teu pensamento. E aqui é válido a parte de conquistar não apenas o público-alvo, mas também a equipe. Trazer todos os envolvidos para o negócio. Pois largar tudo e trabalhar por um sonho já te faz um investidor. Aprender com os colegas ao lado é a melhor forma de não errar. Imagine todos os envolvidos juntos, trocando experiências, conhecimento e paixões. Aprender é importantíssimo na jornada, mas muito melhor ainda é construir uma base/estrutura que antecipe alguns erros e minimize os prejuízos!
O mercado de startus não é um mar de rosas, isso é fato; e mais difícil ainda é no Brasil, onde não existe uma cultura fortalecido para arriscar tanto.
Então vamos torcer para que bons cases nos guiem em busca do sucesso!
Forte abraço!

Like what you read? Give Eduardo Gouvêa a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.