This text was written in the context of the research project I’m working on since 2017, at the Anthropology and Development Studies of the Radboud University (Netherlands). This ethnographic research project investigates the role of brokerage in participatory urban governance, comparing four different cities: Rotterdam, Manchester, Medellín and Recife.

As our PhDs launch their fieldwork this month (or soon), I’ve compiled some practical lessons for ethnographers I’ve learned during my own PhD research (2013–2015). These are basic “tips and tricks” that I wished someone had told how important they were since the beginning of my fieldwork. …


In the context of the current political crises, I would like to share a piece of an interview I gave recently, to appear in a book published in Poland (in Polish) later this year, called “Brazil, country of the future?”.
I believe there are some considerations there that should be taken under consideration now with the possibility of a right-wing government, or the new phase of the Dilma Rousseff’s term.

(please ignore language mistakes, it was written for immediate translation to Polish)

QUESTION: Nowadays Brazil is facing political turmoil. At the moment of our conversation (March 2015) impeachment proceedings against…


Bom, vamos começar pedindo desculpas pela ausência, né? Mencionei antes que andei ocupado com minha pesquisa, e só agora consegui parar pra respirar um pouco.

Mas pouco mesmo, então vamos retomando devagar por aqui, certo? Hoje gostaria apenas de compartilhar uma resenha de um livro que escrevi há pouco tempo, e que foi publicada agora em outubro na European Review of Latin American and Caribbean Studies.

O livro, publicado esse ano, é “Zero Hunger: Political Culture and Antipoverty Policy in Northeast Brazil”, do antropólogo estadunidense Aaron Ansell. Ele me interessa por vários motivos, e recomendo a leitura. …


Dilma conquistou votos independentemente da maior ou menor proporção de beneficiários do Bolsa Família

Já leram meu post anterior sobre como o Bolsa Família (BF) influenciou a votação do primeiro turno? Pois é requisito para este, já que falaremos aqui do diferencial entre os dois turnos. Pra quem não quer ler, faço um resumo: existe correspondência, mas nenhuma causalidade pode ser imputada à relação. Qualquer tentativa de fazê-lo é pura falácia (ecológica, como chamamos, comum para análises de grupos e não de indivíduos). Pra mostrar como outros fatores influenciam nessa correlação, mostrei alguns casos lá, que por não estarem na linha de tendência, são bem relevantes para se entender esse processo.

Daí agora O…


Por favor, parem de discutir quem pariu o dito cujo

Eu achava que isso era só papo chato de debate, na crença dos candidatos que isso realmente faz diferença, mas vi que muita gente ainda tá perdendo tempo discutindo o assunto da bendita PATERNIDADE de BOLSA FAMÍLIA. É, falam de paternidade por que discutem se foi Lula ou FHC. Aí falaram até de DNA. E o que me fez parar pra rir mesmo foi o Aécio dizer que a mãe é a Ruth Cardoso. Pelamordedeus.

Pois vamos lá. É claro que tudo DEPENDE. Você pode dar razão ao Aécio por considerar que os programas do governo FHC já eram parecidos…


comentando o gráfico do Estadão

Gente, vou quebrar duas promessas em um só post. Primeiro, quanto ao assunto, por que prometi escrever sobre o princípio que norteia programas como o BF. Depois quanto ao material, por que tinha falado que só ia discutir trabalhos acadêmicos. Mas acabei me empolgando e quero escrever mais. O tom, acredito, permanece o mesmo, assim como a natureza do que é discutido.

Mas acontece que eu, como bom sociólogo que sou, e interessado no tema, fiquei fascinado com o gráfico que o Estadão lançou hoje sobre a correlação entre BF e votos na Dilma.

Não é a primeira vez que…


“O cara ganha o bolsa família e não quer mais trabalhar”: já ouviu isso antes?

(foto aqui)

Uma das maiores — senão a maior — crítica ao Programa Bolsa Família (PBF) é o tal do “efeito-preguiça”. Acredito que praticamente todo mundo no Brasil já ouviu coisa parecida (ou proferiu…), independentemente de classe social ou região do país. É isso mesmo. Os ricos usam o argumento para falar dos pobres, os pobres o usam para se diferenciar dos mais pobres, e os mais pobres em relação aos outros mais pobres que não gostam de trabalhar. Já ouvi isso, literalmente, do Rio Grande do Sul ao Ceará, do Acre ao Rio de Janeiro (vizualizou os dois eixos…


dando início aos trabalhos

Se curtidas e comentários no facebook podem ser um bom indicador pra qualquer coisa, tomei a reação de meus amigos ontem à sério. No meio de tanta desinformação que circunda o Programa Bolsa Família (PBF), em época de eleições os ânimos se elevam e não é difícil encontrar ignorância ou cretinisses na timeline, almoços familiares, discussões de boteco ou andando na rua mesmo. As formulações costumam ser as mesmas, o que facilita a transmissão e o efeito: repito algo que todo mundo repete, então não interessa de onde vem. Se é verdade? Conheço um. Ou ouvi falar. Deve ser. Eu…


Por esses dias se completaram três anos desde que deixei Brasília sem muita previsão de volta. Os mais próximos acompanharam durante alguns anos a idealização desse projeto, a certeza de que ele aconteceria custe o que custar. Pra mim, essa etapa da minha vida já estava escrita, só tinha que encontrar os meios.

Essa data está sendo marcada de algumas formas:

  1. Sou agora um tipo de pesquisador-visitante na Universidade de Amsterdam, minha pesquisa me levou pro departamento de ciência política.
  2. Acho que agora posso dizer que falo holandês "básico", consigo manter pequenos diálogos e entender um bocado de coisa (o…

Car@s amig@s, vão me desculpando o inconveniente, mas vou tentar outra coisa nessa minha saga em manter vivo meus laços com vocês (e mais algumas coisas que escrever assim representa pra mim). Acontece que eu não li nas entrelinhas, e aquela minha promessa de tranquilidade gerencial do último blog foi por água abaixo: o recurso que tanto me levou àquela plataforma, a inscrição dos seus emails para receberem as atualizações, é benefício de contas pagas, o que não estou disposto a fazer. Assim sendo, volto ao manual, e vocês continuam sem poder apertar um botão anônimo de se desinscrever. Sinto…

F. Eiró

PhD in Sociology | Researcher at the Radboud University (Netherlands) | flavioeiro.com

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store