UX Board do projeto

UX Designer e os desafios de um projeto longo e complexo.

Eu não tenho costume de escrever aqui dando dicas de design (mão na massa) propriamente falando, creio que isso você pode encontrar em milhares de sites na rede mundial de computadores.

O lance é que se você quer ser um designer que realmente faça a diferença onde você está, você precisa ir muito mais além que fazer um belo ícone "pixel perfect" no Sketch, não que isso não seja importante, pelo contrário, é essencial para qualquer designer que deseja ter sucesso na carreira ser um chuck norris do design visual.

Mas, o que vai diferenciar você de um simples UI Designer é a capacidade de aplicar tudo o que você sabe no dia-a-dia de projeto, e é aí que o caboclo é posto à prova.

Assim sendo… hoje venho falar de algumas experiências que vivi nos últimos anos, eu gostaria de deixar aqui algumas dicas e aprendizados sobre como trabalhar em um projeto complexo e longo (com base na minha vivência, ok?), isso pode te ajudar muito caso você esteja no começo de carreira, ou até mesmo se você já é um designer mais experiente e não tenha vivido algo semelhante até o momento.

Para começar, o produto tinha que ser desenhado em uma experiência simultânea para duas plataformas, indo mais além, no meu caso foi para smartphone e tablet para ambas plataformas (iOS e Android) e com um time grande de desenvolvedores, porém de design pequeno.

Imagine a seguinte situação: Você finalizando uma tela para iOS com tudo pensado com carinho e tendo que pensar na mesma experiência para Android, mas não parou por aí, você tem que pensar também para Tablet em ambas plataformas, e isso com prazos super apertados.

Se liga nessa imagem:

Quem nunca? Um time grande, mas só você de designer? rs (img by google)

Mas vamos lá, no último ano dediquei todo meu tempo e esforço em um projeto muito bacana, foi muito desafiador! Pois além de ser grande e complexo, foi um produto voltado para o público final (B2C), sendo que o perfil dos usuários era bem eclético.

Digo que ter tido a oportunidade de trabalhar neste projeto, foi uma das melhores coisas que aconteceu para minha carreira. Acompanhei o desenvolvimento desde o início, aprendi muito em como tocar um projeto no dia-a-dia, indo muito além de apenas ser um bom designer.

Comecei lá nos rabiscoframes, na concepção do produto como um todo, muita responsabilidade envolvida, equipe grande e o mais desafiador, trabalhar desenhando para as duas plataformas, dando suporte para dois times, iOS e Android.

Vou deixar abaixo algumas coisas que aprendi ao longo do projeto e creio que pode ajudar você a garantir que seu projeto não saia dos trilhos:

Comunicação
Regra básica para o sucesso, não espere que as informações venham até você. Mantenha sempre seu time a par de todas as decisões de design ou melhor: envolva todo time em qualquer em qualquer decisão. Vá atrás, pergunte, questione e seja sempre o primeiro interessado em saber qualquer assunto pertinente ao planejamento.

Organização
Parece muito óbvio, ser organizado é regra básica para obter sucesso em qualquer área da vida. Mas, vai por mim! No decorrer do projeto, na correria do dia-a-dia, é muito fácil as coisas começarem a ficar desorganizadas, assets, arquivos bagunçados, documentação espalhada, de repente você precisa de um arquivo e não sabe onde está, quem nunca? Dedique pelo menos um dia da sua semana para sentar e organizar suas coisas, em uma hora de sufoco e correria você vai levantar a mão pro céu e agradecer. (Eu me fodi pra caralho com isso)

Tenha Empatia
Conquiste seu time e cliente, não existe coisa melhor que poder trabalhar em um ambiente que você é querido por seus colegas de trabalho. Cultive amizades além do office, isso vai ajudar muito na hora do stress do dia-a-dia quando as coisas não estiverem indo bem. Se você tem inimizades dentro do projeto, vire o jogo, faça de tudo para quebrar esse nó e transformar em um laço, as coisas vão fluir bem mais, e sempre tenha jogo de cintura com o time, uma coisa simples de fazer em iOS pode ser muito complexa no Android e vice-versa.

Conquiste confiança
Se você é o UX Designer no projeto, você tem que ditar as regras no que diz respeito a usabilidade, look and fell, etc. Você tem que conquistar seu espaço aos poucos, defenda suas ideias com autoridade, saia do achismo e vá atrás das respostas para suas ideias e decisões. Sempre esteja preparado para um "porque você decidiu fazer asim?" não ter uma resposta convicta vai te colocar em apuros.

Mantenha a consistência
Umas das coisas mais desafiadoras que ocorreu no projeto, foi eu conseguir manter a consistência, como o projeto era longo, com o passar do tempo eu comecei mesmo que involuntariamente, ir mudando o estilo do design, via algo legal e começava a mudar. Isso por muitas vezes acabou virando uma armadilha, resultando em um design inconsistente. Mantenha o foco e crie padrões de design para facilitar as coisas no dia-a-dia, os devs agradecem.

Respeite os usuários
É tentador apenas migrar o seu layout iOS para Android sem pensar muito. "– É rápido, afinal é o mesmo produto" Não caia nesta cilada! Pense e dedique um tempo para realmente criar seu design pensando em cada plataforma, veja se as coisas fazem sentido, pense no contexto de uso, lembre-se que usuários Android tem um perfil diferente dos de iOS e vice-versa.

No firúlas!
Não perca tempo fazendo firúlas no design, foque no que realmente importa, na experiência do usuário, em como ele vai interagir com seu produto. Se você quiser impressionar seus colegas de profissão, use o dribbble para postar suas firúlas, em um projeto na vida real, as coisas são beemm diferentes e focar no que importa é essencial.

Saia da sua zona de conforto
É normal que com o passar do tempo, a gente comece enjoar do projeto, sabcomé né? A mesma coisa sempre, etc. E isso é um prato cheio para cada vez mais o designer ir se acomodando e ficando imerso com o fone de ouvido criando apenas "telas". Não deixe essa síndrome te pegar, procure saber mais sobre outras áreas do projeto, converse com seu GP, seja interessado, se preciso saia na rua entrevistando usuários. Cada vez menos o designer vai precisar desenhar interfaces e sim ter uma visão de produto para ter sucesso na carreira.

Inclusive, você pode aprender muito se aproximando do seu gerente de produto.

Enfim, muitas outras coisas aprendi ao longo de um ano e pouco trabalhando com este produto, mas eu creio que esses pontos acima foram cruciais.

E lembre-se: Nem sempre você vai conseguir que o design saia do jeitinho que você quer. E com toda convicção eu falo, não existe projeto fácil, tem que ralar muito para fazer acontecer!

Não desista que no final sempre vale a pena, ver o produto no ar
é muito gratificante. :)

Sucesso aí no seu projeto.

Tks!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.