Planos

E da minha lista nada modesta de vontades e lugares estão o velho mundo e o novo também, por que não? Quero palco, pode ser de karaokê sujo, cantando “amor de rapariga “ sem culpa, para o delírio dos amigos e olhares duvidosos dos desconhecidos. Quero cantinho do sofá fazendo cafuné. Áudio em pleno fim de tarde chuvoso dizendo aos “berros” pra vir logo ao encontro NÃO marcado. Quero descer passarelas declamando as letras do Marcelo Jeneci ou dançando em um quarto de hotel qualquer. Que os planos sejam de todos os prazeres e nos recebam com amor, pois por aqui na minha lista haverá fogos e artifícios.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.