Life-hacks dos pobres e sem rumo*
Marcos Godoi
2116

Cuidemos uns dos outros.

A gente costuma levar essa ideia entre mães. Porque sim, é punk ser mãe, ainda mai de neném e criança pequena. Então, rola isso, sempre que uma mãe precisa, tentamos nos juntar para cuidar dela, ouvir, levar um chá. Olhar as outras crianças, para que ela possa descansar, até mesmo, se divertir.

Isso mudou muito a minha vida. Quando minha filha tinha acabado de nascer, eu sentia dor para amamentar. Uma mulher veio na minha casa e me ensinou como segurar a bebê para amamentar com conforto, ela me deu água e comida, e disse que meu marido precisava cuidar de mim. Quase choro quando me lembro. Ela não me devia nada. A gente não tinha muita intimidade. Mas sempre vou me lembrar com amor.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Elisa Lorena’s story.