Sem título

As pessoas pedem desculpas o tempo todo na minha timeline. Desculpas porque não são produtivas o suficiente. Elas somem por míseras vinte e quatro horas e pronto, a legenda da próxima foto será algo como :” não pense que não estou fazendo nada, olha aqui o resultado do meu sumiço”.

Tem pessoas que me passam a impressão de estarem sendo devoradas pelo seus processos criativos. Não sei se é pose. Não sei se é o mito do artista atormentado versão século XXI. Mas me parece algo desesperado,competitivo e cheio de angústia. O ritmo parece tão alucinante, que as vezes chego a pensar que a pessoa não come,não dorme, não tem vida social. Tudo para produzir(seja qual for o tipo de arte) para poder mostrar para os outros.

Até ler e assistir filmes e séries parecem ter saído do terreno da diversão e entrado no mundo do trabalho. Pessoas estabelecem metas de leituras. Metas de séries.E não basta assistir e ler compulsivamente. É preciso também escrever tratados sociológicos/psicológicos sobre cada série assistida/livro lido.

Produtividade.Trabalho.Preciso,preciso,preciso.

Sinto falta de espontaneidade e despretensão,sabe? Minha vontade de interação é nenhuma. Mesmo imaginando que por trás de toda aquela necessidade de likes, também bate um coração.

A internet é um mundinho um tanto hostil para mim.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Elisangelaelis’s story.