NO MEIO DA CRISE TINHA UMA FLOR/PLANTA/SER VIVO

Samir, respira. Olha o tamanho dessa planta comparada ao tamanho do mundo. Agora pensa no problema. Agora olha a planta. Agora finge que seu problema é essa planta. Agora pensa no tamanho do mundo. Na planta. No mundo. Planta. Mundo.

Quer saber? Tô nem aí. Se eu achar que meu problema é grande ele vai ser. Não sou escritor de autoajuda.

Pensando bem, a planta é pequena. Tem problema pior. Verdade. Meu problema não é nada. É até bonitinho. Deixa eu fazer uma foto. Olha que linda. Plantinha. Problema. Mundo. Verdade. Paz. Amor.

Ah, que saco. Eu quero reclamar mesmo. Me deixa. Mas que flor bonitinha. Flor não pode ser comparada a problema.

Isso é uma flor? Eu não entendo nada de biologia. Claro que não é flor. Cadê as pétalas? Será que é folha? Sei lá. Mas é pequena. Meu problema é grande. Não! Pequeno.

Meu problema é a planta. A planta perto do mundo é pequena. Meu problema não é nada… É sim! Ai, não sei. Eu tenho casa, comida… Eu odeio cozinhar. Tô com fome.

Chega.

Like what you read? Give Samir Eluff a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.