Entre o spleen e o ideal.

Não, não a tensão baudelariana. Talvez o descompasso burguês mais frívolo de um romântico em início de carreira.

Urano enfurecido em marcha de ranger de dentes aponta sua seta para o rabo envenenado do meu Saturno acompanhado.

Neste dia quero apenas pedir uma água tônica para ajudar a trabalhar o fel e deixar os planetas se enfrentarem.

Eu assisto ao espetáculo e de vez em quando o refluxo sobe à garganta.

Nem Baudelaire nem Urano nem escrita. Hoje eu preciso é dar uma boa de uma vomitada.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.